Reportar erro
Reflexão

Consciência Negra: 7 filmes para refletir sobre racismo

NaTelinha lista sete produções para ver nesta data que é feriado em parte do país

Cenas dos filmes Green Book, Corra! e Selma
Dia 20 de novembro é feriado em grande parte do país - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 20/11/2021 às 06:30:08

O Brasil comemora neste sábado (20) o Dia da Consciência Negra. Data criada para homenagear Zumbi, o líder do Quilombo dos Palmares, que faleceu neste mesmo dia, em 1695. O que não faltam são filmes para refletir sobre racismo e também aprender acerca do tema.

Pensando nisso, o NaTelinha lista sete produções que certamente vão te surpreender e te fazer pensar. Dentre as produções, estão filmes consagrados e também recém-lançados como O Silêncio da Chuva, que traz Lázaro Ramos no papel principal. No livro homônimo, o protagonista era branco, mas o diretor Daniel Filho resolveu fazer essa mudança diante dos novos tempos que vivemos.

Há também incluso o premiado Green Book: O Guia, lançado em 2018, que conta a história de um pianista negro que está prestes a embarcar em uma turnê pelo sul dos Estados Unidos. Ao longo dessa jornada, sofre com o preconceito, velado ou não, ao lado do motorista e amigo italiano Tony. Confira:

Cidade de Deus

Não teria como começar a lista se não fosse com um grande sucesso brasileiro. Lançado em 2022, Cidade de Deus foi dirigido por Fernanda Meirelles e Kátia Lund, e tinha como pano de fundo, a vida na favela no Rio de Janeiro no início da década de 70, com destaque para a vida do fotógrafo Buscapé (Alexandre Rodrigues) e Zé Pequeno (Leandro Firmino), traficante da região. Cidade de Deus mostra os perigos da comunidade e seu cotidiano.

Selma - Uma Luta Pela Igualdade

"Eu tive um sonho...". Quem nunca ouviu a tradicional frase proferida por Martin Luther King? O americano foi fundamental na conquista do direito ao voto da comunidade negra nos Estados Unidos. Ele liderou uma marcha épica até o Alabama, convencendo o presidente Lyndon Johnson que a Lei dos Direitos de Voto fosse realizada.

Green Book - O Guia

A produção que ganhou o Melhor Filme em 2019 conta a história Tony Lip, italiano que vê sua discoteca Copacabana fechar as portas. Ele conhece um um pianista e quer que Lip faça uma turnê com ele. Enquanto os dois se chocam no início, um vínculo finalmente cresce à medida que eles viajam e conhecem os Estados Unidos. O pianista lida com preconceitos, é impedido até de frequentar o mesmo banheiro que brancos em algumas passagens em cenas que mostram como era as coisas em meados do século passado.

O Ódio que Você Semeia

Baseado no livro de Angie Thomas, a ficção mostra outras vertentes do racismo estrutural. Após um policial balear o jovem negro Khalil Harris ao achar, erroneamente, que ele estava armado, a melhor amiga do rapaz e única testemunha do ocorrido. Starr é coagida a não prestar depoimento no tribunal. Ainda que seja adolescente, o filme se aprofunda no medo que persegue os negros em ambientes sociais.

O Silêncio da Chuva

O filme que teria um protagonista branco, mas que Daniel Filho mudou isso, prova que negros podem ser um detetive de sucesso. Lázaro Ramos interpreta Espinosa. Ele, ao lado da policial Daia (Thalita Carauta) são os encarregados do caso e logo começam a investigar as pessoas mais próximas da vítima. A coisa começa a ficar pra lá de esquisita quando todos os envolvidos no caso começam a sumir de repente, e tudo ganha outras proporções.

Corra!

Esse filme é um dos mais perturbadores já existentes. ele traz uma análise aterrorizante sobre o racismo velado e faz uma crítica sobre como o preto é tratado pela sociedade branca. Na trama, o personagem Chris (Daniel Kaluuya) namora com Rose (Allison Williams), e depois de um bom tempo de namoro eles viajam para conhecer a família dela. Porém, ao chegar lá, uma zona rural dos Estados Unidos, ele descobre que tudo não passava de uma armadilha racista, bizarra, perturbadora e claustrofóbica.

Mais Notícias