Em alta

Na contramão da Netflix, Paramount+ anuncia acréscimo de assinantes

Streaming vem numa crescente em 2022


Sede da Paramount Pictures
Paramount projeta mais de 100 milhões de assinantes nos próximos meses - Foto: Divulgação

A Paramount+ anunciou nesta quinta-feira (4) que teve um acréscimo de assinantes no segundo trimestre de 2022. Seu streaming agora tem 43,3 milhões de clientes pagos, um acréscimo de 3,7 milhões no período, incluindo 1,2 milhão de desconexões na Rússia por conta da guerra que ocorre desde fevereiro. 

Os números são animadores, já que a Netflix perdeu quase 1 milhão de inscritos no segundo trimestre, ainda que isso tenha sido menos que o esperado. Os dados publicados pela revista Variety revelam ainda que o Peacock, da Universal, ficaram em torno de 13 milhões, perdendo cerca de 1 milhão de assinantes.

A Warner Bros. Discovery, dona da HBO Max e Discovery, divulga seu balanço nos próximos dias e a Disney deve fazer o mesmo na próxima quarta (10).

"Ativos de primeira classe", diz CEO da Paramount+

Paramount+ tem acréscimos de assinantes, ao contrário da Netflix

Com crescente participação no mercado, o CEO Bob Bakish afirmou que a biblioteca é um fator preponderante na aquisição de novos clientes. "Nossa biblioteca profunda e crescente e propriedade intelectual, juntamente com a força dos nossos ativos de primeira classe, garante que estamos bem posicionados para continuar o maximizar o valor para nossos acionistas", comemorou.

Até o final do ano, o streaming deve estar em um total de 60 mercados. A receita da plataforma mais do que dobrou: US$ 672 milhões no segundo trimestre, e a receita geral direta ao consumidor aumentou 56%, somando US$ 1,19 bilhão.

Neste segundo trimestre, ainda, a Pluto TV, serviço de streaming gratuito e bancado por anúncios, continuou subindo. Foram 69,6 milhões de usuários ativos mensais no trimestre, acima dos 67,5 milhões no primeiro trimestre. A receita cresceu 10% e agora e foi de US$ 265 milhões.

Paramount+ tem meta agressiva

Em meio à guerra no streaming, a Paramount anunciou em fevereiro que aumentou sua meta global de assinantes de 65 a 75 milhões para mais de 100 milhões. E planeja aumentar os investimentos para até US$ 6 bilhões em dois anos. Antes, o valor para investimentos na plataforma era de "apenas" US$ 4 bilhões.

No mercado brasileiro, o Paramount+ promete vir mais forte nos próximos meses, principalmente depois de adquirir a Copa Libertadores e Sul-Americana, torneios da Conmebol. O acordo é válido a partir de 2023 e válido até 2026.

Por aqui, o preço da plataforma é de R$ 9,90 por mês. Antes, existe a opção de experimentar o serviço por sete dias gratuitamente.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias