PlayPlus

Roberto Cabrini estreia documentário sobre guerra na Ucrânia: "Cheguei a perder quase 10 quilos"

Em março, jornalista viajou até o país europeu e esteve em meio aos bombardeios russos


Roberto Cabrini gesticulando em documentário para o PlayPlus
Roberto Cabrini passou 23 dias cobrindo a guerra - Foto: Divulgação/PlayPlus

Roberto Cabrini estreou nessa terça-feira (21) o documentário intitulado Missão Ucrânia - Por Trás das Câmeras, com entrevistas, depoimentos e reportagens especiais sobre a invasão ao país. O conteúdo está disponível no PlayPlus, plataforma por streaming do Grupo Record.

No documentário, Cabrini exibe cenas inéditas da realidade de um povo sufocado pela devastação e os sons das bombas. Além de depoimentos das vítimas de várias partes do país europeu, o jornalista traz seu próprio relato na rotina de acompanhar os bastidores de uma das coberturas jornalísticas mais importantes dos últimos anos.

"Guerra é sobre destruição, feridos e mortes. Nós passamos fome, cheguei a perder quase 10 quilos, nós não dormimos como deveríamos ter dormido, e passamos frio. Não existe guerras iguais. Guerra sempre expõe o profissional ao risco, porque você nunca sabe onde ou quando irá passar por uma situação de risco."

Roberto Cabrini sobre seu documentário no PlayPlus

Para Josmar Bueno Jr., diretor de conteúdo do PlayPlus, a estreia de Cabrini reforça a consolidação da plataforma em oferecer semanalmente novas produções originais criadas. "É um dos mais consagrados repórteres brasileiros, assim como a equipe premiada do jornalismo da Record TV", explica.

Roberto Cabrini foi para a guerra na Ucrânia

Roberto Cabrini estreia documentário sobre guerra na Ucrânia: \"Cheguei a perder quase 10 quilos\"

O jornalista não se intimidou e foi até a Ucrânia em março, em meios aos bombardeios russos. Cabrini mostrou a destruição de cidades da região em um Câmera Record com o subtítulo de Expresso para Kiev. Ele apareceu com proteção especial, usando coletes e capacete.

"Aqui todos sabem que a qualquer instante o expresso pode ser alvejado pelas tropas russas que tentam cercar e sitiar a cidade milenar", disse o jornalista. Foram 23 dias em território ucraniano, acompanhando a fuga de milhares de pessoas, ataques tropas russas ao país e a destruição das cidades.

O novo formato do Câmera Record, desde março, aliás, contém matérias especiais e entrevistas bombásticas.  Roberto Cabrini já foi premiado em diversas ocasiões por conta de suas reportagens, principalmente com coberturas de guerras e situações alarmantes. Com a ida de Cabrini para a Câmera Record, o jornalista vira trunfo na audiência nos finais nas noites de domingo da emissora. 

Mais Notícias