Reportar
erro
Atividades encerradas

CNN cancela streaming um mês após o lançamento

O fechamento do CNN+ está marcado para o próximo dia 30


Logo do CNN+
O CNN+ conquistou cerca de 150 mil assinantes nas primeiras semanas - Divulgação
Por Redação NT

Publicado em 21/04/2022 às 16:33:52

Lançado no dia 29 de março, o CNN+, plataforma de streaming da CNN, já tem data para encerrar suas atividades: 30 de abril. Segundo o Variety, essa foi uma das primeiras manobras da Warner Bros. Discovery, depois que as duas gigantes midiáticas se uniram. Ainda de acordo com o portal, David Zaslav, novo CEO da empresa, não estava satisfeito com o projeto desde o início porque não concordava  com a ideia de fazer o lançamento pouco tempo antes do processo de fusão.

“Esta decisão está alinhada com a estratégia mais ampla de direcionamento ao consumidor do WBD”, disse Chris Licht, o novo CEO da CNN, em um comunicado. Já Zaslav, tinha o desejo de unir em uma mesma plataforma os conteúdos da emissora, do Discovery+ e da HBO Max. “Em um mercado de streaming complexo, os consumidores querem simplicidade e um serviço completo, que ofereça uma experiência melhor e mais valiosa do que as ofertas independentes", pontuou ele, anteriormente.

Andrew Morse, vice-presidente executivo da CNN, que supervisiona a plataforma de streaming, bem como as operações digitais e em espanhol do canal, foi informado da decisão com antecedência e deve sair após um período de transição. Alex MacCallum foi nomeado para supervisionar o digital e os funcionários do CNN+ serão pagos pelos próximos 90 dias e terão oportunidades de explorar outras posições na empresa.

Sem CNN+, emissora fica de fora da guerra do streaming

CNN cancela streaming um mês após o lançamento

Sem o CNN+, a CNN sairá da guerra de streaming dos canais de notícias, que já vem sendo travada por empresas como NBCUniversal, CBS News, Fox News e ABC News. A CNN investiu milhões na plataforma, atacando executivos e produtores de notícias de concorrentes, como ABC News e NBC News. Funcionários como Anderson Cooper e Don Lemon foram designados, respectivamente, para liderar um programa sobre paternidade e um talk show com uma plateia ao vivo. Um programa liderado por Jemele Hill e Cari Champion ainda não havia sido lançado.

Ainda segundo o Variety, dentro da CNN, os executivos ficaram satisfeitos com o progresso inicial do novo empreendimento, que, de acordo com eles, conquistou de 100 a 150 mil assinantes em suas primeiras semanas.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias