Reportar erro
Exclusivo

BBB22: Globoplay espera ganhar 30% mais assinantes em comparação com 2021

Plataforma está empolgada com procura pelo reality

Tadeu Schmidt, novo apresentador do BBB22, no palco do Fantástico, segurando um tablet
Tadeu Schmidt é o novo apresentador do BBB22 - Foto: Reprodução/Globoplay
Daniel César

Publicado em 14/01/2022 às 05:07:00,
atualizado em 14/01/2022 às 10:07:23

O Globoplay está com uma alta expectativa em relação ao BBB22, e espera conquistar uma grande quantidade de assinantes. A meta da direção da plataforma de streaming é ter um desempenho superior ao conquistado pelo BBB21, tratado na empresa como um fenômeno. Só que esse crescimento é visto até como “modesto”.

Segundo apurou o NaTelinha, o número de assinantes da plataforma foi 11 vezes maior do que a temporada 2020, além do aumento de consumo do programa. Esse desempenho tem algumas explicações, como o Brasil estar passando por uma segunda onda da pandemia do coronavírus.

Sem muitas atrações na televisão e diversas restrições em ambientes como casas noturnas, bares e restaurantes, o público optou por acompanhar o BBB21, que alcançou sua média no Ibope desde 2010, fechando com 28,1 pontos. Além disso, Gil do Vigor e Juliette se tornaram “namoradinhos” do Brasil.

Com o fim das restrições e o avanço da vacinação, o público passou a frequentar as ruas, fazendo com que o share caísse nos últimos meses. As novelas da Globo, por exemplo, estão batendo recordes negativos, mesmo sendo inéditas. Não por acaso há grande torcida da emissora carioca para que o reality show consiga alavancar a audiência da empresa.

Com um cenário diferente em relação ao ano passado, a edição 22 traz a expectativa para que ocorra um crescimento menor ao que aconteceu de 2020 para 2021. Mesmo assim, a nova temporada deve fazer com que o streaming consiga ter um aumento de 30% em comparação com o ano passado. 

Previsão sobre o BBB22 é pessimista

BBB22: Globoplay espera ganhar 30% mais assinantes em comparação com 2021

A previsão feita pela direção do Globoplay é tratada como pessimista. Dentro da empresa, acredita-se que a nova temporada pode ter um desempenho ainda maior nas redes sociais do que 2021. Até porque o investimento será grande para atrair novos assinantes. Mesmo que a variante ômicron já tenha afetado diretamente a casa mais vigiada do país com participantes contaminados antes da divulgação dos nomes.

Além disso, o avanço da ômicron pode fazer com que muitas pessoas optem por se resguardar em casa durante um tempo, tendo alguma chance de se apegar ao programa. A torcida é que os participantes consigam cativar o público como aconteceu no ano passado.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias