Reportar erro
Cortes

Após saída de Douglas Tavalaro, CNN Brasil faz primeiro grande corte com nova direção

Nova executiva toma decisão estratégica

Renata Afonso e logo da CNN Brasil
Renata Afonso chegou na CNN Brasil em abril; uma das missões é enxugar gastos - Foto: Reprodução/CNN Brasil
Thiago Forato, com Sandro Nascimento

Publicado em 17/05/2021 às 08:37:15,
atualizado em 17/05/2021 às 16:30:52

A CNN Brasil fez seu primeiro grande corte depois da saída de Douglas Tavolaro, ex-CEO que vendeu sua parte da emissora e agora se dedica à projeto nos Estados Unidos. Na última sexta-feira (14), a Spokesman Comunicação, que estava desde janeiro do ano passado prestando assessoria de imprensa, encerrou seu atendimento ao canal.

Em nota obtida em primeira mão pelo NaTelinha a Spookesman confirma o encerramento dos serviços prestados. "Iniciamos nosso trabalho em 14/01/19, mais de um ano antes da estreia do canal, e com muita satisfação, pudemos anunciar à imprensa a chegada de talentos e profissionais, destaques institucionais e de conteúdos das atrações, além de todas as conquistas neste período. Nosso agradecimento a todos vocês pela atenção e profissionalismo", diz a nota, assinada por Ricardo Frota e Maurício Storelli.

A medida é uma estratégia de Renata Afonso, que assumiu a presidência da CNN Brasil há um mês. A executiva foi CEO da TV TEM, afiliada da Globo no interior de São Paulo, onde foi responsável pela reestruturação da rede regional nos últimos anos.

O histórico administrativo de Afonso é que a credenciou para a cadeira de presidente do canal de notícias. Na TV TEM, chegou a promover cortes de mais de 50 profissionais e extinguiu até um jornal regional. A tesoura passou principalmente na área jornalística.

Em contato com o NaTelinha, a nova agência que fará a assessoria de imprensa da CNN Brasil, a AD Comunicação & Marketing, enviou o seguinte comunicado: 

"informamos que nenhum corte foi feito na equipe da emissora e nem está previsto. Renata Afonso está totalmente focada em estratégias de expansão da marca. A mudança de uma agência de Assessoria de Imprensa é praxe em qualquer mercado. Trata-se de uma ação protocolar e natural em qualquer processo e não impacta de forma alguma na estrutura interna da empresa. 

À frente da TV Tem de Sorocaba, a executiva liderou um aumento substancial do EBITDA e criou cinco novos programas, novos departamentos (como o de promoções e o de produções originais) e sete novas sucursais, além de dirigir a migração do sistema analógica ao digital. Para esses projetos contratou centenas de profissionais."

A missão de Renata Afonso na CNN Brasil

A ideia é que a executiva continue enxugando gastos. Na pauta ainda estão salários versus audiência, influência de jornalistas na política e diretoria e chefes com funções sobrepostas. A intenção é racionalizar a emissora e permitir que sua estrutura administrativa seja mais ágil.

A executiva tem um extenso currículo. Em 1995, foi contratada como produtora executiva da MTV Brasil e seguiu por lá até o ano seguinte, quando se transferiu para a Band para o lançamento do programa H, com Luciano Huck. No canal do Morumbi, desempenhou a função de diretora externa, seguindo por lá até 1997.

Depois de deixar a Band, ficou quase seis anos na HBO Latin America como produtora executiva e diretora. Em 2002, assinou contrato com a RedeTV! e foi a criadora do Late Show, contudo, sua passagem foi encerrada no ano seguinte, quando aceitou o desafio de trabalhar no jornalismo da TV TEM, que abrange 318 municípios no interior de SP.

Mais Notícias