Reportar erro
Exclusivo

Disney+ planeja novela teen para sair na frente da Netflix no Brasil

Plataforma quer investir em novelas e ganhar assinantes

Montagem de fotos com logos da Disney+ e da Netflix
Disney+ quer superar Netflix e exibir primeiro novela - Foto: Montagem
Daniel César

Publicado em 03/02/2021 às 04:00:00,
atualizado em 03/02/2021 às 11:22:27

Os ousados planos do Disney+ para o Brasil continuam e a plataforma planeja superar a Netflix com uma estratégia da rival, que é investir em telenovelas a curto e médio prazo. A cúpula do streaming já decidiu que a estreia no formato será com uma produção voltada para o público infanto-juvenil, área de expertise da empresa nos Estados Unidos.

Enquanto a atual executiva da Netflix no Brasil, Maria Ângela Jesus, insiste em não cumprir as ordens da cúpula americana para produzir novelas no país, o Disney+ já decidiu que não seguirá o estratagema de lançar apenas séries de conteúdo original por aqui, mas vai apostar no principal formato para o espectador brasileiro a fim de abocanhar assinantes e se aproximar da rival num curto espaço de tempo.

Segundo apurou o NaTelinha, a primeira novela do Disney+ será voltada para o público teen e a plataforma já estuda projetos de diferentes autores, todos novos e sem experiência na área, para produzir entre 2021 e 2022. Fontes confirmaram que a ideia é disponibilizar no serviço tramas mais curtas que as vistas na Globo, com 50 capítulos em média, e o investimento pode ser de mais de R$ 300 mil por capítulo, próximo do que a emissora carioca gasta para uma novela das sete.

A reportagem ouviu de fontes diferentes que o Disney+ já iniciou negociações com a Globo para manter a parceria, iniciada com a venda casada do Globoplay e se expandiu para a produção de séries. A intenção é que a plataforma utilize os Estúdios Globo, além de parte dos profissionais da área técnica para a gravação da trama, evitando contratempos pela falta de experiência que produtoras costumam ter ao trabalhar com o audiovisual.

Procurada, a assessoria de comunicação do Disney+ não ae manifestou até a publicação da reportagem.

Disney+ x Netflix

Disney+ planeja novela teen para sair na frente da Netflix no Brasil

Enquanto a Netflix segue liderando com folga o total de assinantes no Brasil - a estimativa é que a plataforma já conte com mais de 18 milhões -, o Disney+ tem um plano ousado de rapidamente subir no ranking dos streamings e vê o país como um mercado forte por conta da quantidade de habitantes, além da paixão que o brasileiro vem demonstrando por players.

A estratégia prevê manter o acordo de assinatura casada com o Globoplay, e a cúpula do serviço acredita melhorar os números assim que iniciar a produção de conteúdo original por essas bandas. Fontes ouvidas pelo NaTelinha disseram que o planejamento do Disney+ é de terminar 2022 com mais de 10 milhões de assinantes no Brasil, o que poderia colocá-la com metade do número da Netflix em apenas dois anos.

Novelas no streaming

Disney+ planeja novela teen para sair na frente da Netflix no Brasil

Desde 2019 a Netflix vem ensaiando investir em novelas, mas autores que chegaram a negociar com a direção do player no Brasil saíram horrorizados com a proposta, que prevê a decisão final nas mãos da produtora e com o novelista dividindo sala de roteiro com nomes desconhecidos e sem nunca terem trabalhado no formato. O impasse, inclusive, irritou a cúpula americana, que estudas mudanças no Brasil, mas sem anúncio até o momento.

Enquanto os outros streamings se digladiam pelo direito de fazer o principal produto brasileiro, todos acabaram levando o balão do Globoplay, que parece ter acertado o tom após alguns anos no mercado brasileiro. Depois de anunciar mais 50 novelas antigas entrando no seu catálogo gradativamente a partir de maio de 2020, a plataforma da Globo confirmou Verdades Secretas 2 como a primeira produção do streaming brasileiro, já que vai ao ar exclusivamente no Globoplay.

A direção da plataforma já está se movimentando para que a experiência não seja única, já que ela ganhou milhões de assinantes no ano passado por conta da inclusão de suas novelas. A cúpula de dramaturgia estuda um remake para 2022 no serviço de streaming e vem lendo roteiros antigos, tendo como favorita a icônica Beto Rockefeller, de Cassiano Gabus Mendes.

Mais Notícias