Reportar erro
Novos ares

Após EUA, Globoplay deve chegar à Europa em 2021, diz diretor

Erick Brêtas afirmou que empresa trabalha para alcançar o público brasileiro

Divulgação do Globoplay
Globo quer expandir sua plataforma de streaming - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 19/01/2021 às 16:37:00

O diretor de Produtos e Serviços Digitais da Globo, Erick Brêtas, revelou nesta terça-feira (19) que o Globoplay chegará ao público europeu neste ano, após os Estados  Unidos, e que o plano do Grupo Globo é expandir a plataforma em todo o planeta. O executivo explicou que a estratégia internacional da empresa não é atrapalhar grandes streamings, como Netflix e Prime Video. Mesmo com a pandemia do novo coronavírus, Erick relatou que 82 produções estão em desenvolvimento.

“Nosso plano é expandir internacionalmente. Devemos passar pela Europa este ano, o nosso plano é disponibilizar a Globoplay em todo o mundo. Temos feeds de nossos canais lineares (disponíveis no serviço digital) que são adaptados a fusos horários individuais. Mas estamos sempre focados nos brasileiros que moram no exterior”, explicou em entrevista para o Deadline.

“Nossa estratégia internacional é não atrapalhar as grandes plataformas. É para atender os expatriados brasileiros. O que estamos descobrindo, no entanto, é que muitos desses brasileiros estão em famílias internacionais, e as pessoas começaram a nos pedir para legendar programas para que as famílias possam assistir juntas. Isso estende nosso conteúdo a um público mais amplo”, acrescentou.

Brêtas relatou que uma das maneiras do conteúdo do Grupo Globo atingir telespectadores do mundo todo é também realizar parcerias. Uma das ideias é fechar acordos com serviços de streaming regionais, que fazem sucesso na Ásia, Europa e Oceania.

“Uma das maneiras pelas quais queremos que nosso conteúdo atinja públicos mais amplos é buscando parcerias com serviços de streaming globais ou regionais. Existem outros serviços regionais muito fortes, como Stan na Austrália, Joyn na Alemanha, iFlix no Sudeste Asiático. A ideia é estreitar nossos relacionamentos trocando conteúdos ou, em alguns casos, coproduzindo juntos. Você verá mais disso. Embora todos estejam falando sobre os serviços de streaming nos Estados Unidos, vemos cada vez mais serviços relevantes nos mercados nacionais, como nós”, detalhou.

Globoplay e a retomada

Após EUA, Globoplay deve chegar à Europa em 2021, diz diretor

Erick contou que, atualmente, 82 produções estão em desenvolvimento no Globoplay e a retomada de gravações começou de forma lenta por conta da Covid-19. “No Brasil, alguns dos serviços globais de streaming tentaram avançar, mas houve casos em que o elenco conseguiu Covid e tiveram que encerrar as produções. Não é fácil ir a todo vapor neste momento”, comentou.

“Estamos começando a retomar algumas produções agora. Ainda é muito desafiador, pois estamos no meio de uma segunda onda. Estamos gerenciando isso com muito cuidado, pois, claro, a saúde de nossos funcionários é nossa prioridade. Mas estamos conseguindo retomar alguns com diretrizes muito rígidas, o que significa que é mais lento - você está produzindo 30-40% do que normalmente produziria em um dia. Quando tivermos a vacina é quando voltaremos com força total”, completou.

Mais Notícias