Polêmica esclarecida

Museu defende Kim Kardashian após vestido de Marilyn aparecer danificado

Kim Kardashian foi acusada de ter estrago a peça durante o Met Gala


Kim Kardashian durante participação no Met Gala 2022;
Kim Kardashian durante participação no Met Gala 2022; vestido foi motivo de discórdia nas redes

Dono do vestido de Marilyn Monroe que Kim Kardashian usou no Met Gala, o museu Ripley's Believe It or Not! defendeu a empresária após uma foto da peça mostrá-lo danificado. Na semana passada, um perfil no Instagram publicou um registro da vestimenta e culpou a socialite por conta de alguns defeitos na costura. No entanto, de acordo com a instituição, a roupa já estava neste estado quando foi adquirida por eles em 2016 por cerca de cinco milhões de dólares.

"Um relatório escrito sobre a condição do vestido no início de 2017 afirma que 'várias costuras estão puxadas e desgastadas. Isso não é surpreendente, dada a delicadeza do material. Há franzidos nas costas pelos ganchos', entre outros casos de danos", disse a nota do museu para o site norte-americano TMZ. 

Ainda no texto, órgão ainda afirmou que, antes do vestido ser comprada, a peça foi exibida em diversas partes do mundo. Isso pode ter causado alguns dos danos que foram exibidos na foto que viralizou. 

Por fim, o museu reitera que não havia como Kim Kardashian ter estragado o vestido pois ela o tirou logo após ter cruzado o tapete vermelho: "O vestido estava nas mesmas condições nos pés da escadaria do MET, onde Kim se vestiu, até o topo, quando ela o devolveu", concluiu.

Museu defende Kim Kardashian após vestido de Marilyn aparecer danificado

Kim Kardashian e o vestido de Marilyn Monroe

A polêmica aconteceu após Kim Kardashian ter usado o famoso vestido durante o tapete vermelho do Met Gala 2022, que aconteceu em 2 de maio. A empresária também chegou a perder sete quilos para entrar na peça, que foi moldada de acordo com as proporções exatas da atriz norte-americana. 

A peça ficou mundialmente conhecida pois Marilyn Monroe o usou quando cantou feliz aniversário para o presidente John Kennedy em 1962, durante uma festa de arrecadação de fundos para o Partido Democrata.  

Após a morte da estrela, a peça teve alguns donos até parar na mão do museu em 2016. Desde então, ele é exibido no acervo e é conservado em um ambiente com a temperatura controlada. 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos