Na prisão

Assassino do ator Rafael Miguel é preso após quase três anos foragido

Rafael Miguel foi assassinado por pai da namorada, pelo sogro não aceitar o relacionamento dos jovens


Paulo Cupertino; Rafael Miguel posado
Assassino de ator do SBT é preso após quase três anos foragido - Foto: Reprodução
Por Thomaz Rocha

Publicado em 16/05/2022 às 17:21:13,
atualizado em 16/05/2022 às 17:59:50

Nesta segunda-feira (16), Paulo Cupertino, assassino do ator do SBT Rafael Miguel e de seus pais, foi preso pela Polícia Civil de São Paulo, na capital paulista. Ele recebeu voz de prisão no hotel em que estava hospedado, na região de Interlagos. O criminoso era um dos mais procurados pelas autoridades do estado.

O ex-empresário fugiu após o crime, ocorrido em 9 de junho de 2019, na Zona Sul de São Paulo, passando por vários estados do Brasil, como Sorocaba (SP), Águas de São Pedro (SP), Campinas (SP) e Ponta Porã (MS), inclusive também visto no Paraguai.

Rafael, que ficou famoso nacionalmente pelo seu papel na novela Chiquititas (2013), foi assassinado junto com os pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, depois da família dar uma carona para Isabela Tibcherani, namorada de Rafael, até a casa dela. Ao chegarem, Paulo Cupertino Matias, pai da jovem, teria se aproximado e efetuado vários disparos contra o ator, pai e mãe. 

O artista foi atingido de sete balas (uma na cabeça, uma no peito, três nas costas e duas no braço esquerdo). Já o pai foi alvo por quatro vezes (um tiro no peito, dois o braço esquerdo e um no braço direito) e a mãe duas vezes (um tiro no peito e um no ombro).

Após depoimentos da namorada, o motivo dos assassinatos foi que Cupertino não aceitava namoro da filha com o ator do SBT, ao tentar oficializar o relacionamento com a moça, o artista foi morto. O caso gerou uma grande comoção no país.

Confira a foto de Paulo Cupertino preso:

Assassino do ator Rafael Miguel é preso após quase três anos foragido
Paulo Cupertino é preso em São Paulo - Foto: Divulgação/ Polícia Civil

Delegado comemora prisão de assassino de Rafael Miguel

No Brasil Urgente, o delegado -geral da Polícia Civil de São Paulo comemorou a prisão do assassino de Rafael Miguel. "A investigação foi pura na raça. A gente teve alguma barreiras na Justiça que a gente não pode atender. Mas estou muito satisfeito. Agora que vai começar a nossa investigação para saber quem estava ajudando esconder ele. Agora a casa caiu", afirmou o delegado para José Luiz Datena.

 

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias
Outros Famosos