Reportar erro
Luto

Namorada de Rafael Miguel desabafa: "Vamos parar de apontar o dedo para o outro"

Isabela Tibcherani desabafou após ser criticada no Instagram

Isabela Tibcherani e Rafael Miguel
Reprodução
Redação NT

Publicado em 09/09/2019 às 11:57:44

Namorada do ator Rafael Miguel, assassinado há três meses, Isabela Tibcherani utilizou o Instagram nesse fim de semana para esclarecer porque apagou um pedido de justiça que havia publicado, depois de ser questionada pelos seguidores.

Isabela contou que não foi ela quem apagou a imagem, e sim o Instagram. "Eu nem tinha visto que não estava mais no meu perfil e não estava entendendo as mensagens", disse.

Depois, avisou: "Não é porque eu não falo sobre isso a todo momento que eu não penso e não sinto, eu simplesmente procuro ocupar minha mente com outras coisas também, porque preciso ficar bem. Ficar remoendo e revivendo essa dor (que não é pequena, e muito menos pouca) me faz mais mal e eu preciso seguir em frente, da melhor maneira possível".

Em seguida, a jovem mostrou uma das mensagens que recebeu: "Nós precisamos acreditar em você. Nos faça acreditar, então". Ela lamentou: "Como assim? Eu fiz algo de errado para ter que ficar me justificando? Vamos parar de apontar o dedo para o outro! Pelo menos uma vez na vida, vamos praticar o ato de olhar para dentro de nós mesmos antes de falar do próximo".

Namorada de Rafael Miguel desabafa: \"Vamos parar de apontar o dedo para o outro\"

Namorada de Rafael Miguel desabafa: \"Vamos parar de apontar o dedo para o outro\"

Luto

Na última semana, Isabela Tibcherani publicou uma foto de Rafael Miguel ainda criança para desabafar os três meses de sua morte.

"É, meu amor, já fazem 3 meses que você se foi. São 3 meses sem o seu 'Bom dia, princesa!', 3 meses sem nossas ligações no fim da noite, para darmos risadas e o dia terminar feliz. Três longos e dolorosos meses, e, infelizmente, apenas uma pequena parcela dessa saudade que durará pra sempre", disse.

A morte de Rafael Miguel

Rafael Miguel foi morto a tiros no dia 09 de junho, pelo pai de Isabela Tibcherani, Paulo Cupertino Matias, que segue foragido.

Em depoimento na delegacia, Isabela explicou que pegou carona com o namorado e os sogros, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50. Ao chegar em casa, no bairro da Pedreira, Zona Sul de São Paulo, se surpreendeu com a presença do pai na porta. Eles não moravam juntos.

Ela relatou que Rafael e seus pais estacionaram o carro e a acompanharam até a entrada da residência. Nesse momento, Paulo Cupertino Matias teria os abordado e mandado a filha entrar. Isabela contou que ele ficou do lado de fora com o trio e logo depois houve os disparos.

Já a versão da mãe da jovem, Vanessa, aponta que Paulo chegou em casa procurando pela filha e se irritou ao saber que ela saiu sem o seu consentimento. A mulher relatou que tentou ligar para Isabela, mas não conseguiu. Depois, falou com a mãe de Rafael Miguel, que informou que estavam todos indo até ela para conversar sobre o namoro dos seus filhos.

Logo após chegarem na casa de Vanessa, Paulo Cupertino teria aparecido novamente e puxado Isabela para dentro. De acordo com a mulher, o marido olhou para Rafael e disse: “Por que você não falou comigo antes”, e logo “sacou a arma de fogo e efetuou disparos contra os três”. Ele fugiu em seguida de carro.

Os corpos de Rafael Miguel, João Alcisio e Miriam Selma foram enterrados no Cemitério do Campo Grande, na capital paulista.

Como Paulo ainda não foi encontrado pela polícia depois de três meses, existe a possibilidade dele ter fugido para outro país. Sendo assim, foi pedida a inclusão de seu nome na Interpol, a lista de criminosos mais procurados do mundo.

Mais Notícias
Outros Famosos