Reportar erro
Relacionamentos

Bruna Marquezine desabafa sobre dificuldade nas relações: "Síndrome da impostora"

Atriz confessa que é complicado fazer amizades

Bruna Marquezine posada
Bruna Marquezine desabafa sobre dificuldade nas relações - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 08/11/2021 às 21:15:00,
atualizado em 08/11/2021 às 21:16:48

Nesta segunda-feira (8), Bruna Marquezine desabafou sobre sua dificuldade em manter suas amizades. Em transmissão ao vivo com o canal Mamilos Podcast, a atriz afirmou que as pessoas acham que ela fica em cima de um pedestal por causa da fama. A jovem também revelou que a síndrome da impostora (sensação constante de que tudo que conquistou é fruto da sorte) a prejudica nas novas relações de amizades que tenta criar.

"Nunca me vi em um pedestal, mas, as pessoas acham isso, às vezes. Minha dificuldade de fazer novas amizades é a síndrome da impostora, que diz que eu não sou uma pessoa legal o suficiente. Eu me considero uma ótima amiga, sim. (Acho importante nas amizades) ter uma troca. Essa troca precisa ser feita para os relacionamentos ficarem vivos, esse convívio é muito importante para mim", revelou.

"Todo mundo tem vários tipos de amigas, é importante saber diferenciar. Isso é muito rico, ter varias perspectivas, a gente aprende muito com isso, ouvindo e trocando experiências a partir disso", explicou. Entre as poucas famosas que Bruna considera como amiga estão Sasha Meneghel, Manu Gavassi e Priscilla Alcântara.

Bruna Marquezine se pronuncia após polemizar com fantasia

Bruna Marquezine falou sobre a confusão envolvendo seu nome na noite dessa quarta-feira (3), após ser criticada pelo Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo (Coren-SP) por se fantasiar de enfermeira para o Halloween, no último final de semana. "Friso aqui meu total respeito", disse a atriz.

O Coren-SP ressaltou, com uma foto de Marquezine, que a profissão exige conhecimentos técnicos, anos de estudo e muito empenho e dedicação em seu cotidiano, além de ser uma área predominantemente feminina, que sofre os impactos das desigualdades de gênero. Os episódios de assédio e violência vividos pelas enfermeiras no dia a dia são alguns dos motivos pelos quais a organização considera inadmissível que a sociedade continue tolerando fantasias como as de Bruna Marquezine em festas de Halloween e carnaval.

O Conselho ressaltou que não é a primeira vez que precisa intervir e falar sobre o tema, citando as atrizes Giovanna Ewbank e Ingrid Guimarães, que também já utilizaram a fantasia. "Humildemente se retrataram por terem se apropriado da imagem da profissão com conotação sexual".



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos