Reportar erro
Esculacho

Cineasta Spike Lee detona Bolsonaro: "Não tem moral ou escrúpulos"

Diretor criticou governante e outros presidentes no Festival de Cannes

Spike Lee posado para foto; Jair Bolsonaro sério
Cineasta Spike Lee detona Bolsonaro - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 06/07/2021 às 18:13:00

Durante a abertura do Festival de Cannes, nesta terça-feira (6), o cineasta norte-americano Spike Lee detonou Jair Bolsonaro em seu discurso no evento. Além do presidente do Brasil, o diretor também esculachou Vladimir Putin, líder da Rússia, e Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos. Na ocasião, Spike Lee citou os políticos ao criticar a posição deles diante de decisões polêmicas.

"O mundo está sendo governado por gângsteres. O Agente Laranja (em referência a Trump), o cara do Brasil (em referência a Bolsonaro) e Putin são gângsteres e vão fazer o que quiserem. Não têm moral ou escrúpulos. Esse é o mundo em que vivemos, e precisamos levantar a voz contra gângsteres como esses", disse o cineasta.

Vários famosos foram às ruas no sábado (3) em protestos contra o presidente Jair Bolsonaro e a favor da vacina contra a Covid-19. Nomes como Alinne MoraesBianca BinLetícia SabatellaRafael InfanteSérgio Guizé, o músico Tico Santa Cruz e outros artistas foram fotografados nas manifestações, com cartazes pedindo o impeachment do chefe do Executivo.

Em seu perfil no Instagram, Alinne Moraes convocou os seguidores para protestar contra Jair Bolsonaro. À tarde, ela apareceu na manifestação usando máscara de proteção por conta da pandemia. Ela foi acompanhada do marido, o diretor Mauro Lima. "Tô puta & exausta", diz o cartaz erguido pela famosa.

Atualmente com um quadro no No Limite, o humorista Rafael Infante também fez questão de mostrar seu repúdio ao presidente. "Acabou Sonaro. Fora Bolsonaro genocida", diz o cartaz do ex-Porta dos Fundos, que traz ainda dizeres como "Vidas negras importam". Na legenda da publicação, ele acrescentou: “Vacina para todos, sem propina”.

Ex-apoiador, Lobão detona Bolsonaro

Lobão votou em Jair Bolsonaro em 2018 e fez forte campanha para o atual presidente nas redes sociais há três anos. Hoje, o artista de 63 anos pede o impeachment do presidente da República. Entrevista do cantor divulgada no sábado (3) causou grande repercussão nas redes sociais e levou o músico a se tornar um dos mais comentados do dia. 



Mais Notícias
Outros Famosos