Reportar erro
Papo franco

Felipe Neto detona Bial após deboche sobre Lula: "Não deveria ter saído do BBB"

Youtuber não gostou do comentário do jornalista

Pedro Bial (à esquerda) e Felipe Neto (à direita) em foto montagem
Felipe Neto reprovou comentário de Bial - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 15/04/2021 às 16:19:00,
atualizado em 15/04/2021 às 16:19:09

Felipe Neto criticou o apresentador Pedro Bial nesta quinta-feira (15), no Twitter, após o jornalista afirmar que “teria que ter polígrafo [aparelho detector de mentiras]” para entrevistar o ex-presidente Lula. O comentário do jornalista foi feito durante participação no Manhattan Connection, da TV Cultura, e é um dos principais assuntos das redes sociais.

“Pedro Bial não deveria ter saído do BBB. Quando o assunto fica sério, vemos um radical escondido, à lá Alexandre Garcia. Ele chamou Olavo de Carvalho de brilhante! brilhante! Agora vocês entendem porque recusei todos os convites para ir em seu programa”, disparou o influenciador.

A reação de Felipe aconteceu depois que Bial revelou que o ex-presidente Lula quis participar do seu programa, desde que a entrevista fosse exibida ao vivo. Porém, o apresentador do talk show da Globo debochou do petista e disse que Bolsonaro é outro político que não aceitaria participar de sua atração.

“Você citou dois que dificilmente iriam. O Lula já até disse que gostaria de fazer o programa comigo, mas aí tinha que ser ao vivo. Pode até ser ao vivo, mas aí teria que ter um polígrafo acompanhando todas as falas dele”, disparou.

Confira a repercussão:

Bial criticou Bolsonaro

Pedro Bial também criticou o atual presidente da República, Jair Bolsonaro. Ele explicou que o governante poderia ter tido um comportamento melhor diante da pandemia do novo coronavírus, mas optou por viver em conflito com opositores e imprensa.

“Ele [Bolsonaro] poderia, de fato, num momento de pandemia, que é um estado de guerra, se tornar um líder de todos os brasileiros. Mas isso seria contra a natureza do escorpião, aquela velha piada. Ele vive do confronto e por isso depende tanto de provocar a imprensa. Não sei se a imprensa aceita as provocações e não deveria, ou se é característica da imprensa agir assim. Essa relação da mídia e estado nos governos nunca é tranquila”, opinou.



Mais Notícias
Outros Famosos