Reportar erro
Perdas

Vitão relembra prejuízos por ser conhecido como "talarico": "Me abalou muito"

Ele namora a cantora Luísa Sonza

Vitão e Luísa Sonza se abraçando
Vitão e Luísa Sonza: relação foi alvo de hate - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 09/04/2021 às 09:24:02

Apesar da pouca idade (21 anos), Vitão já conhece bem a força do ódio na internet. Ele ganhou visibilidade por namorar a cantora Luísa Sonza e foi acusado de "roubar" a mulher de Whindersson Nunes. Ao Flow Podcast, ele não nega que tudo isso trouxe visibilidade, mas também sérios prejuízos.

"Todas as fofocas e especulações me geraram muita insegurança. Não foi um bagulho gostoso de viver. Me deixou em evidência, claro, mas muita gente só me conheceu por talarico, pegador de mulher casada e esses nomes feios que a galera chama e inventa", reconheceu.

Só agora é que ele está conseguindo se reconstruir. "Mas foi um bagulho que me abalou durante um bom tempo. Estou me recuperando até hoje porque me abalou muito emocionalmente", lamentou ele, que não esquece dos prejuízos profissionais.

O prejuízo de Vitão

"Essa história criou muitas barreiras na minha carreira. Perdi muitos números, perdi muito engajamento e seguidores. Perdi também relações com marcas que não queriam ser vinculadas ao meu nome. Quem ia querer se vincular a um cara que só é xingado na internet? Foram muitos prejuízos também pessoais, para minha família e para a família da Luísa", lamentou.

Para Vitão, o machismo foi marcante quando assumiram publicamente a relação: "O estopim foi o machismo do brasileiro, que não se conforma de ver uma mulher se separar e começar outro relacionamento. O que mais vi foi gente dizendo: 'devolve a mulher do Whindersson Nunes'. Como se eu tivesse pego o controle do playstation e roubado da mão dele".

"Não respeitaram a vontade dela. O dia em que eles anunciaram o fim do casamento não foi quando se separaram. Eles já estavam separados há algum tempo", lembrou.



Mais Notícias
Outros Famosos