Reportar erro
Documentário

Bolsonarismo de Zezé Di Camargo dificulta documentário da Netflix; entenda

Zezé Di Camargo tem posição política definida a favor do presidente

zeze di camargo
Zezé di Camargo - Divulgação
Redação NT

Publicado em 08/02/2021 às 08:51:16,
atualizado em 08/02/2021 às 09:13:25

A Netflix vem preparando a série documental É o Amor, com o sertanejo Zezé Di Camargo e sua filha, Wanessa, mas a participação de artistas não vem sendo conseguida com facilidade. Tudo por conta de sua posição política: Zezé é bolsonarista e isso vem sendo um empecilho para os outros, de acordo com informações do jornal O Globo.

No ano passado, Zezé chegou a apoiar Bolsonaro mesmo depois do presidente fazer de tudo para defender seu filho diante de investigação sobre corrupção. O sertanejo classificou o político como "chucro e bronco, mas verdadeiro". E ainda disparou: "Qual pai não defenderia o filho em qualquer circunstância?".

"O STF [Supremo Tribunal Federal] deu uma prova absurda de que quer ser o único poder do país. Estão ultrapassando o limite toda hora. Parece que querem colocar o presidente de joelhos. É impressionante o que estão fazendo com este homem", defendeu.

Netflix e Zezé Di Camargo

O serviço por streaming anunciou o documentário com o sertanejo no início do mês. O programa com a família Camargo contará com a participação de artistas brasileiros e exibirá a relação deles. “Compartilhar a nossa família em uma plataforma como a Netflix é lisonjeador. Eu espero que as pessoas se divirtam, se emocionem e fiquem junto com a gente! Vai ser uma experiência incrível e eu estou contando os dias para que vocês possam ver tudo”, disse Wanessa.

“Ter a nossa história contada sob outra ótica, buscar a origem a partir de mim, da minha história, e com a Wanessa junto será algo tão incrível! Temos muito o que contar, cantar, juntar, falar, criar com este time da Netflix e da Ventre Studio que já está com a gente há alguns meses”, completou Zezé.



Mais Notícias
Outros Famosos