Biografia

"A Record teve a chance de virar o jogo e se perdeu nas mesquinharias"

  • Nome: Marcílio Moraes
  • Nascimento: 27/07/1944
  • Idade: 77 anos
  • Sígno: Leão
  • Estado civil: Casado
  • Profissão: Autor de novelas
  • País: Brasil
  • Cidade: Petrópolis (RJ)

Marcílio Moraes é autor de novelas. Estudou Letras e participou de movimentos estudantis na década de 1960. Nos anos 1970, despontou com texto para o teatro, o que o levaria para a televisão na década seguinte. A estreia foi como colaborador em Roque Santeiro (1985), de Dias Gomes e Aguinaldo Silva.

Em seguida, foi coautor de Roda de Fogo (1986), com Lauro César Muniz, e Mandala (1987), de Dias Gomes. Como autor principal, assinou Mico Preto (1990), em parceria com Euclydes Marinho e Leonor Bassères, e Sonho Meu (1993), novamente com Lauro César Muniz.

Ainda em parceria com Dias Gomes, assinou com ele o remake de Irmãos Coragem (1995), trama original de Janete Clair, e as minisséries As Noivas de Copacabana (1992) e Dona Flor e Seus Dois Maridos (1998). Também co-escreveu Chiquinha Gonzaga (1999), de Lauro César Muniz.

Na Record, fez as novelas Essas Mulheres (2005), Vidas Opostas (2007) e Ribeirão do Tempo (2010), as séries A Lei e o Crime (2009), Fora de Controle (2012) e Plano Alto (2014), e o especial O Amor e a Morte (2013). Ao longo da carreira, também se dedicou à literatura, com publicação de contos e romances.

É casado com a professora Violeta Quental e tem três filhos.