Reportar erro
Luto

Vocalista do grupo Carrapicho morre de Covid-19: "A batida do tambor se calou"

Zezinho Corrêa deu voz a grandes hits da banda

Zezinho Corrêa sorrindo
Zezinho Corrêa morreu neste sábado (6) - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 06/02/2021 às 11:16:00,
atualizado em 06/02/2021 às 11:16:34

O cantor Zezinho Corrêa, vocalista do grupo Carrapicho, morreu neste sábado (6), vítima da Covid-19. O artista ficou conhecido no país inteiro e na Europa durante a década de 1990. A confirmação do seu falecimento foi feita pela família por meio das redes sociais do músico.

“Agradecemos imensamente o carinho, todas as orações e todo amor que vínhamos recebendo dos fãs, familiares, amigos e admiradores dele”, diz o comunicado dos parentes. “O céu ganhou mais uma estrela, que com sua luz brilhará para a eternidade”, acrescentou. “Você já está fazendo muita falta na nossa família, vamos continuar te amando sempre. Hoje a batida do tambor se calou”, completou.

Zezinho trabalhava como assessor de projetos sociais no Sesc Amazonas, tendo grande envolvimento com a arte. No dia 28 de dezembro, compareceu ao Centro Cultural Palácio Rio Negro, em Manaus, para participar do lançamento de um livro em homenagem à sua carreira.

No dia 4 de janeiro, ele começou a passar mal por causa do novo coronavírus e precisou ser internado em um hospital da capital amazonense. Três dias depois, por conta das complicações da doença, foi transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), causando preocupação nos seus fãs.

Ele chegou a reagir e apresentar melhoras, contudo, durante a madrugada deste sábado, ele piorou. “Os médicos optaram pela conduta de retornar com a sedação, uso das medicações vasoativas e uso da ventilação mecânica”, revelou a família, que recebeu a notícia da morte pouco tempo depois.

Zezinho Corrêa e o sucesso do Carrapicho

Vocalista do grupo Carrapicho morre de Covid-19: \"A batida do tambor se calou\"

O grupo Carrapicho ficou famoso em todo Brasil e na Europa com músicas como Tic Tic Tac e Vermelho, durante os anos de 1990. Na França, o conjunto musical entrou no top 40 de artistas mais tocados em 1996.

Em 2004, o grupo revelou aos fãs que estavam se separando, mas eles se reuniram novamente em 2014. Na ocasião, os integrantes da banda resolveram comemorar seus 30 anos de história, realizando shows por todo o país.

TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos