Confusão

Antonia Fontenelle é bloqueada no Instagram e detonada por moradores de Alagoas

Antonia Fontenelle é bloqueada e acusada de preconceito com alagoanos ao cobrar autoridades locais

 Antonia Fontenelle é bloqueada no Instagram e detonada por moradores de Alagoas
Divulgação/Reprodução

Redação NT

Publicado em 13/01 às 18:08:34

Antonia Fontenelle usou nesta quarta-feira (13) suas redes sociais para defender o amigo e ator Henri Castelli, que sofreu várias agressões no dia 30/12 em Alagoas e precisou ser hospitalizado, mas a plataforma do Instagram bloqueou a conta da artista alegando “conteúdo sensível”. Fontenelle relatou que passou a receber ameaças após cobrar mais segurança no Estado, mas muitos moradores e autoridades locais detonaram a atitude da comunicadora “por generalizar o caso”.

continua depois da publicidade

Pelo Twitter, ela afirmou que seguiria se comunicando em outras redes após o bloqueio: "Segundo a plataforma, eu violei suas diretrizes. Não satisfeitos, ainda deram uma travada no meu perfil. OK, vou para o YouTube", disse a comunicadora que tem milhões de seguidores e um canal de entrevistas no Youtube com artistas e políticos sempre com temas polêmicos. 

Indignada por não poder se expressar como gostaria, Fontenelle então esbravejou pelo Twitter e quis saber o motivo que fez a rede social limitar seu acesso: "Eu gostaria de saber qual foi a violação? Denunciar um crime de tentativa de homicídio cometido contra um amigo?". A artista sempre compartilha suas opiniões como uma forma de se posicionar sobre os últimos acontecimentos. 

continua depois da publicidade

Ainda no Instagram, mas pelos Stories, ela cobrou o secretário de segurança pública de Alagoas, Alfredo Gaspar, para que tomasse atitudes em relação aos agressores de Henri, que responderão por tentativa de homicídio grave. O global terá acompanhamento médico por um longo período para que possa se recuperar plenamente.

Mas as cobranças de Antonia pelas tem gerado confusão com os alagoanos, em especial entre o secretário de segurança, que alegou preconceito por parte de Fontenelle, e os trabalhadores do turismo, que alegam que as falas da artista sobre o ato de violência contra Castelli acabou generalizando todos os moradores da região, colocando em risco o emprego e a renda de milhares de famílias.

continua depois da publicidade

Um dos seguidores, Leandro Casado, disse: “"Atenção turistas, cuidado ao visitar Alagoas" ... Suas palavras colocaram em cheque a principal atividade econômica do Estado, generalizando uma confusão em ambiente privado onde ambos estavam errados e um extrapolou o limite da proporcionalidade cometendo um covarde agressão”.

Já outro, Daniel Marques, afirmou: “Acho que você foi preconceituosa com o povo alagoano, da forma que você falou você foi agressiva, tem dois lados da história pra ouvir, e você ouviu apenas um e saiu rebaixando o povo alagoano que não tem nada com isso, um caso isolado”. 

continua depois da publicidade

Alessandro Sabino saiu em defesa de Antonia: "Peraí! Mas isso é dito diariamente por inúmeras pessoas em relação ao Rio de Janeiro. Que só tem bandidos, morros, pra não visitarem etc". 

Constantemente tachada de “bolsonarista”, algo que lhe irrita profundamente, a apresentadora aproveitou e deixou um recado aos haters "Não tem isso de bolsonarista, lulista ou o raio que os parta, tem a ver com estar de olho na hipocrisia de vocês. P***, não me rotulem"”.  Há poucos dias, Antonia criticou a atriz Tais Araújo por conta de um novo trabalho na Globo.

continua depois da publicidade