Reportar erro
Futilidade

Cantora gospel revela motivo de agressão do marido: "Não tinha o chocolate que ele queria"

Quesia Freitas foi agredida pelo marido no meio do shopping

Bruno e Quesia no shopping
Bruno e Quesia em shopping; ele bateu na esposa - Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 26/11/2020 às 10:38:27

A cantora gospel Quesia Freitas revelou em entrevista à revista Marie Claire que apanhou do marido Bruno Feital em um shopping no Rio de Janeiro por conta de um chocolate. O motivo fútil desencadeou o fim da relação. "Eu quis pagar um café e não tinha o chocolate que ele queria", diz ela.

Segundo Quesia, as pessoas que serviam ficaram olhando e ainda assim, ela foi atrás do achocolatado da preferência do marido, mas ele ficou muito irritado. "Achei que era coisa de homem", minimiza a cantora, que se surpreendeu depois ao ver a proporção que aquilo tomou.

"Quando ele me xingou, eu engoli o choro porque tinha muita gente olhando e ele me empurrou. Já tinha uma mulher filmando, ela era advogada. Ela estava observando desde o início", lembrou.

Um misto de vergonha, diz Quesia

Cantora gospel revela motivo de agressão do marido: \"Não tinha o chocolate que ele queria\"

À revista, a cantora desabafou: "É um misto de vergonha porque você não quer acreditar que está vivendo aquela situação, com aquela gravidade. Mas, uma hora, você percebe que está piorando e não quer aceitar. Você quer falar, mas ainda tem medo da pessoa te matar".

Hoje, no entanto, afirma que começou a entender que não precisa do perdão do marido. E desde 2018, no dia seguinte ao casamento, passou a sofrer violência.

Os dois se conheceram há um ano e meio e resolveram se casar após um mês de namoro. Todas as vezes que ela era agredida, segundo Quesia, era porque ele dizia estar "possuído por um demônio" e prometia buscar ajuda espiritual.

Após a agressão sofrida no último sábado (21), a Polícia Militar conduziu Quesia até a 42ª DP, onde registrou uma ocorrência e solicitou uma medida protetiva.

Não foi a primeira queixa

Outras duas queixas haviam sido prestadas por ela. Em uma delas, em outubro do ano passado, foi ordenado que Bruno deveria ficar 400 metros distante da esposa, mas depois de alguns meses de separação em 2020, reataram o casamento.

O marido pediu perdão, mas a violência voltou com tudo. Ela tem três filhos de outro relacionamento e perdeu a guarda das crianças por conta dele: "Custava a pegar meu filho mais novo. Nas poucas vezes, ele queria mais atenção do que meu filho de 7 anos. Comecei a ter vergonha do meu filho, você começa a abrir mão para proteger as crianças".

"Sofri abuso físico, psicológico e sexual. O próximo vídeo poderia ser meu óbito", lamenta.

Mais Notícias
Outros Famosos