Reportar erro
Tranquilidade

Rachel Sheherazade por trás das câmeras do SBT Brasil: Tímida, reclusa e "princesa"

Jornalista é uma pessoa calma longe da televisão

Rachel Sheherazade
Rachel Sheherazade é âncora do SBT Brasil - Foto: Reprodução
Daniel César

Publicado em 26/07/2020 às 10:03:00

Quem assiste diariamente Rachel Sheherazade no SBT Brasil já se acostumou com o estilo forte e a presença de espírito da jornalista, que ganhou fama no início da década após uma opinião sobre o Carnaval da Paraíba. Mas por trás das câmeras, a profissional do SBT sempre foi muito tímida e, devido às suas polêmicas no meio político, teve de se tornar reclusa. Além disso, Sheherazade teve uma infância de timidez e até certo bullying por causa do sobrenome, mas adorava ser chamada de princesa pela avó.

Contratada a peso de ouro pelo SBT em 2011, a jornalista ganhou espaço no país todo ao comandar o SBT Brasil com liberdade para dar todo tipo de opinião que quisesse. Isso, no entanto, não resistiu ao governo de Jair Bolsonaro depois de fortes críticas e ela acabou proibida de fazer qualquer comentário a respeito das reportagens veiculadas no programa.

Acontece que a Rachel Sheherazade extrovertida é apenas a jornalista, já que na vida pessoal ela garante que sempre foi muito tímida. A profissional teve de fazer exercício em teatro para superar a vergonha de falar em público. "Trabalhei bem minha timidez no teatro. Eu era membro da Igreja Batista de João Pessoa, que tinha um grupo de teatro. Um amigo me puxou para cima de um palco e eu me soltei, para fingir que não sou tão tímida", explicou em entrevista a Gowhere.

Infância tímida

Rachel Sheherazade por trás das câmeras do SBT Brasil: Tímida, reclusa e \"princesa\"

E parte dessa timidez se deu pelo fato do sobrenome. Rachel explica que na escola sofria um tormento durante a chamada porque ninguém conseguia falar o nome corretamente e ela se sentia muito tímida para corrigir quem errava. "Fui uma criança muito tímida, ninguém ouvia minha voz. Nenhum professor conseguia pronunciar esse nome e eu tinha muita vergonha de corrigir", confessou.

Um dos momentos mais delicados, segundo a própria Rachel na mesma entrevista, acontecia no momento da chamada. "Na hora da chamada, meu coração disparava já na letra P… E quando chegava o Rachel, a professora tropeçava no She… e não conseguia ir adiante. As crianças caíam na gargalhada", relembrou mostrando as dificuldades que tinha por causa do nome.

Princesa

Mas isso foi superado rapidamente e ela atualmente faz questão de explicar os motivos da combinação de seu nome. "a avó paterna – professora e apaixonada por literatura. Quando leu “As Mil e Uma Noites”, ela se encantou com a história da Sheherazade, que salvou não só muitas moças do reino como o próprio reino, contando uma história interminável ao rei da Pérsia. E sugeriu a meu pai que eu fosse batizada como Sheherazade. Mas a outra avó queria Rachel, por causa da Bíblia. Meu pai não quis se indispor com a mãe e com a sogra: nasci Rachel Sheherazade", relembra.

Rachel contou no papo com a Gowhere que a vergonha a respeito do nome por causa da zombaria das crianças terminou justamente ao ler a história que deu origem ao seu nome. "Mas quando também li a história de Sheherazade, esse nome me causou muito orgulho, até porque minha avó me chamava de “princesa Sheherazade”. Era uma princesa que contava histórias. Ainda criança, eu já escrevia histórias…", garantiu.

Reclusa

Rachel Sheherazade por trás das câmeras do SBT Brasil: Tímida, reclusa e \"princesa\"

Numa conversa com o site Café com Sociologia ainda em 2012, Rachel explicou que tem uma vida muito simples e contou sobre seu dia a dia. "Leio de tudo um pouco, notícias, livros sobre maternidade, política, história… Meus hobbies são artesanato, cinema, literatura… Uma das minhas frases preferidas: “Todas as coisas concorrem para o bem daqueles que amam a Deus'", garantiu.

Mas se antes Sheherazade já não gostava de se expôr em sua vida, atualmente é ainda pior. Depois de sofrer uma série de ameaças contra sua vida, ela optou por não mais dar oportunidades para bandidos e raramente mostra fotos dos filhos - ela tem dois.  "Sofri ameaças pela internet, até de morte. Convocaram um rolezinho contra mim na porta do SBT. Não foi ninguém, além da polícia. Mas nossos carros hoje são blindados, não posto fotos atuais de meus filhos, tenho uma vida reclusa", contou.

Mas a jornalista não lamenta tanto pela vida em casa, já que garantiu não ser muito fã de noites badaladas. "Aliás, sempre fui, mas fiquei ainda mais. Só vou a um evento quando necessário. Não sou dada a festas e badalações", revelou no mesmo papo.

Sofrimento no fim do casamento

Em 2016, Rachel, já no auge da fama e como uma das musas da direita, sofreu forte retaliação de parte de seus fãs ao anunciar em suas redes sociais o fim de seu casamento com Rodrigo Porto, que havia durado doze anos. “Acredito que isso é fake, Sheherazade não exporia sua vida sentimental assim, sendo uma jornalista de credibilidade. Mas se for, eu só lamento, divórcio é triste, é o fim de uma família”, escreveu uma usuária na Rede Social.

Mas ela nunca teve paciência para intromissões em sua vida e fez questão de rebater. "Famílias não se dissolvem, casamentos sim". Ainda assim ela continuou tendo de se explicar para os fãs. “Queria mesmo que você se reconciliasse com o pai de seus filhos. Lamentável, não deu”, escreveu outro também levando rapidamente uma resposta.  “Não pauto minha vida pelo que os outros querem, mas pelo que eu desejo”, cravou.

Vida pessoal

Rachel Sheherazade por trás das câmeras do SBT Brasil: Tímida, reclusa e \"princesa\"

Depois de ficar casada por 12 anos e ser mãe de dois filhos, Sheherazade voltou a namorar seis meses depois do anúncio do divórcio. Ela permaneceu na nova relação por dois anos, quando anunciou a separação em 2018. Chamou a atenção de fãs e seguidores que, desde então, a jornalista não fez nenhuma menção de estar envolvida com alguém até setembro do ano passado.

Em seu perfil no Instagram, Rachel anunciou o fim de uma relação que já durava seis meses e que não havia sido contada aos fãs. À época, a postagem - uma espécie de homenagem ao ex - chamou a atenção e muita gente reclamou do fato dela sequer ter anunciado algo para seus seguidores quando engatou o novo namoro.

Rachel Sheherazade

Formada em comunicação social com ênfase em jornalismo pela Universidade Federal da Paraíba, Rachel Sheherazade já trabalhou até no Poder Judiciário. "Fiz concurso para o Poder Judiciário em 1992 e assumi o cargo em 1994, quando eu já estava na faculdade. Foi difícil conciliar. A última aula terminava meio dia – e eu tinha de bater ponto na repartição meio-dia. Nem todos os professores entendiam e me liberavam mais cedo. Um deles disse que eu tinha de escolher: o trabalho ou a universidade. Eu não podia abrir mão do trabalho, uma garantia para o futuro. Nem da faculdade. Aos trancos e barrancos, consegui terminar o curso e me manter como funcionária pública", revelou ao Gowhere.

Já formada, ela entreou na Record do estado e logo foi convidada para assumir a bancada de um jornal no SBT Paraíba, em que comandava uma espécie de programa de debates. Lá, acabou ganhando notoriedade por emitir fortes opiniões, inclusive a do Carnaval e que foi parar nas mãos de Silvio Santos. Rapidamente recebeu o convite para trabalhar no SBT Brasil, onde permanece atualmente, mesmo com fortes rumores de que não deverá renovar seu contrato.

Mais Notícias
Outros Famosos