Reportar erro
Último dia

A Fazenda 2020 faz reality ressurgir das cinzas, mas falta muito para se equiparar ao BBB

Programa da Record chega ao último dia e define seu campeão nesta quinta-feira (17)

Elenco de A Fazenda 2020 reunida na sala
Há três meses, eram 20 peões em A Fazenda - Reprodução/Record TV
Thiago Forato

Publicado em 17/12/2020 às 04:51:00

Parece que foi ontem, mas já lá se vão mais de três meses e chegamos ao 101º dia e ao fim de A Fazenda 2020 sob o comando de Marcos Mion na Record. Cercado de expectativas por um público carente de ver algo com "vivacidade" na TV durante a pandemia, sobretudo em horário nobre, a emissora entregou um produto bem acabado, mas ainda repleto de falhas primárias e que certamente não serão corrigidas na próxima temporada.

O reality da Record, nitidamente, acertou na montagem do elenco e o programa se manteve vivo até a primeira quinzena de novembro, mas com a eliminação de figuras importantes como Lucas Cartolouco e Luiza Ambiel, não teve reposição à altura e acabou enterrado antes da hora por figuras que não estavam dispostas a se indispor com mais ninguém.

Só para falar dos finalistas, Jojo Todynho foi uma das peoas que mais conseguiu gerar conteúdo. Não havia alguém que conseguisse entrar em conflito com ela e isso fez com que acabasse protagonizando grande parte do reality, seja com suas tiradas, estafa visível - atingindo até Marcos Mion - ou com seu humor peculiar.

Lipe Ribeiro conseguiu dar aquela "resetada" na imagem que muitos sonham fazer. O rapaz tinha fama de "boy lixo" pelas suas participações no De Férias com o Ex, da MTV, e se mostrou uma pessoa bastante diferente daquela apresentada no programa de pegação. Ponto para ele, sem dúvida, mas como produtor de entretenimento, sua trajetória foi questionável.

Sua colega Stéfani Bays, sim, foi uma completa decepção. Norteada por um medo inexplicável da Roça, se escondeu até onde conseguiu. Demorou para se posicionar, tentou agradar a gregos e troianos, e como se sabe, quem tenta agradar a todos, acaba não agradando ninguém. A ex-MTV mergulhou na sua própria sombra para chegar o quão longe pudesse. E não é que conseguiu? Como Lipe, também mudou sua imagem, mas ela, não de uma maneira tão positiva. Afinal, qual é a verdadeira Stéfani?

Já Biel conseguiu se manter por sua base de fãs engajada e bastante ativa. O cantor era um dos nomes mais aguardados, mas como também entrou na neurose de limpar a imagem, acabou não oferecendo o que se esperava ao ávido fã do entretenimento. O que ele protagonizou? Seu discurso para ter aceitado o convite da Record e estar ali era justamente esse. Afinal, R$ 1,5 milhão, segundo ele, faz em menos de um ano. Usou o programa como trampolim, mas ao contrário de tantos outros, pouco agregou no jogo.

Os problemas de A Fazenda 2020

A Fazenda 2020 faz reality ressurgir das cinzas, mas falta muito para se equiparar ao BBB

Criticar alguns mecanismos e atitudes da Record em A Fazenda é chover no molhado. Ao que parece, a emissora não está muito interessada em ouvir os fãs do reality e pode estar jogando uma grande oportunidade na lata do lixo.

Com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19), muitos acabaram redescobrindo o programa, mas se depararam com um amadorismo que não estão à altura da atração. A Fazenda é um reality de grandes dimensões e tem um alcance invejável. O canal, naturalmente, deveria zelar por isso.

Novamente, critico um pay-per-view paupérrimo. Uma câmera a mercê do estagiário ou seja lá quem for, para um reality desse tamanho, é algo inadmissível. A falta de transparência é outro agravante nas dinâmicas da Prova de Fogo. Nos últimos dias, a Record tem até omitido a porcentagem da Roça dos peões que não foram eliminados. Por quê?

A emissora sequer se pronunciou sobre um caso bizarro, onde o Balanço Geral MS prometeu sortear R$ 500 em sua afiliada no Mato Grosso do Sul para quem votasse a favor de Mariano. A Fazenda foi contemplada até mesmo com um carro de som munido de informações externas, que culminou em uma mudança brusca de comportamento de MC Mirella.

Os próprios peões desrespeitaram protocolos básicos do programa, como quando Lucas Maciel, quando eliminado, fez a produção de gato e sapato se despedindo dos colegas. Biel, depois de ver Tays Reis sendo eliminada, fez a mesma coisa: foi se despedir dela.

A Record também errou demais em provas importantes, o que fez até com que Boninho mandasse uma indireta. Gerou desgaste nos peões, exaustos mentalmente, e no público.

Essa somatória de fatores faz com que o telespectador sinta saudade do BBB. Afinal, por lá podemos escolher as câmeras que queremos ver em um PPV digno e a cada dinâmica que é executada, o público é comunicado com antecedência. A surpresa é apenas para os participantes.

Aliás, que venha o BBB21.



Mais Notícias