Sem papas na língua

Casagrande detona governo Bolsonaro: "Covarde, perverso e muito cruel"

Comentarista esteve no Encontro e falou o que pensa do atual governo


Casagrande falando ao vivo no Encontro
Casagrande fala sobre seu documentário e aproveitou para detonar Bolsonaro - Foto: Reprodução/TV Globo

Walter Casagrande Jr. esteve no Encontro desta segunda-feira (13) para falar sobre seu documentário lançado há duas semanas no Globoplay, intitulado de Casão - Num Jogo Sem Regras. No entanto, o comentarista da Globo não se furtou em comentar sobre o atual governo do país, cujo presidente é Jair Bolsonaro (PL). "Temos um governo covarde, perverso e muito cruel", lamentou ao vivo em bate-papo com Fátima Bernardes.

"As pessoas não estão tendo mais medo de ser cruel. As pessoas não estão tendo mais medo de ser homofóbicas, as pessoas se soltaram e isso machuca a gente. O povo brasileiro não é assim, é um povo alegre. O Brasil é alegre! Assusta esse momento porque não é a nossa cara. Isso assusta. A gente não pode ficar calado. Nós somos figurantes desse filme de terror", continuou.

Sobre seu documentário, que teve o primeiro episódio exibido no SporTV nesse domingo (12), Casagrande assegurou que tudo foi feito de uma maneira transparente e honesta. "Não teve flores. Aquilo ali é realidade, teve céu, inferno rock in roll, música fúnebre. Sou uma pessoa intensa, vivi intensamente qualquer tipo de situação."

Intensidade marcou vida de Casagrande

imagem-texto

O comentarista recordou que intensidade foi a palavra que sempre marcou sua vida. "Me destruí intensamente, vivo a vida intensamente. Durante um tempo tive que aprender a lidar com esse instinto de liberdade enorme. É muito difícil você saber, quando você percebe... A intensidade, viver aquilo tudo no 100%, não tem 80%, que nem eu falei no documentário, minha vida sempre foi em alta velocidade e eu podia capotar a qualquer momento em qualquer curva", disse.

"Consegui me recuperar, comecei a perceber como conseguir lidar com a minha liberdade. Eu continuo intenso da mesma forma, mas estou num outro plano. Estou numa vibe mais tranquila. Consegui saber até onde a intensidade e minha liberdade joga a favor. Foi difícil."

Casagrande sobre a forma que leva a vida

Na série do Globoplay, Casagrande conta ao longo de quatro episódios sua história, com depoimento de nomes como Galvão Bueno, Serginho Groisman, Roberto Rivellino, Baby do Brasil, Branco Mello e Paulo Futre.

A narrativa se propõe a acompanhar a intensidade alucinante de Casão, apresentando a alma inquieta, apaixonada e contestadora do ex-atacante. A história passa pela infância, episódios difíceis em sua família, a carreira como jogador no Brasil e na Europa, a rebeldia durante a ditadura militar, a criação da Democracia Corinthiana, a amizade com Sócrates e o problema com as drogas.

Mais Notícias