Reportar erro
Falou o que pensa

Casagrande detona Bolsonaro por confusão em Brasil e Argentina

Comentarista disse que imbróglio é um reflexo da má gestão do governo na pandemia

Casagrande no Globo Esporte
Casagrande opinou sobre confusão entre Brasil e Argentina - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 06/09/2021 às 14:55:00

Casagrande detonou o Governo Federal e o Ministério da Saúde no Globo Esporte desta segunda-feira (6). O comentarista estava muito irritado com o imbróglio no jogo entre Brasil e Argentina no último domingo (5) e apontou que o Poder Executivo Federal está fazendo uma gestão ruim no país durante a pandemia da Covid-19.

“Tudo errado. Modificaram formulários e ninguém percebeu isso? Eram jogadores de futebol, não pessoas anônimas. Por que a Anvisa não invadiu o treino da Argentina, no sábado?”, disparou o ex-jogador. Ele comentou que toda a confusão é apenas um espelho do que os brasileiros estão vivendo nos últimos meses.

“Isso é reflexo do péssimo combate à pandemia que teve o Governo Federal e o Ministério da Saúde”, acrescentou. Vale destacar Casagrande é crítico do trabalho de Bolsonaro e do Ministério da Saúde. Não por acaso é comum ele opinar contra o atual governo.

O comentarista ainda questionou o que aconteceria se os quatro jogadores argentinos não fossem conhecidos. O ex-jogador ainda citou o narrador Galvão Bueno, que demonstrou irritação na transmissão por conta de toda a situação.

“Se esses quatro jogadores fossem pessoas anônimas, onde eles estariam hoje, com esse calor? Nas lindas praias do Brasil, tomando uma caipirinha, uma cerveja, comendo um camarão e à noite vai pra balada. E ninguém ia falar nada. É uma vergonha mundial, igual o Galvão falou, mas em todos os seguimentos da sociedade”.

Casagrande

Casagrande se irritou com jogo entre Brasil e Argentina

Cena da partida Brasil e Argentina, interrompida pela Anvisa

A partida entre Brasil e Argentina foi suspensa com menos de 10 minutos com transmissão ao vivo da Globo. A decisão fez com que a grade de programação da emissora carioca caísse justamente no dia da estreia do Domingão com Huck. Para tapar buraco da faixa, o canal escalou um filme até o horário programado da atração dominical.

Tudo aconteceu logo quando o jogo havia começado, com técnicos da Anvisa invadindo o gramado e mandando parar tudo porque quatro jogadores argentinos descumpriram a lei da quarentena por causa da Covid-19. Antes, Galvão Bueno já havia desabafado sobre o jeitinho que parecia ter sido ajustado para que eles entrassem em campo, mas isso acabou não se concretizando.



Mais Notícias