Vai terminar em pizza?

Henrique Fogaça se posiciona sobre ter Faustão no MasterChef

Nova temporada do MasterChef agora receberá diretamente do Faustão na Band


Henrique Fogaça e Faustão em foto montagem
Henrique Fogaça despista sobre prova envolvendo Faustão no MasterChef - Foto: Reprodução/TV Bandeirantes

Henrique Fogaça continua no corpo de jurados da nova temporada do MasterChef que estreia nesta terça-feira (17) na Band. Carro-chefe da emissora desde 2014, o chef comemora a nova fase do talent show, que conta com Faustão entregando horário para o programa. "Pra nós é uma honra, né? É uma entidade da televisão, estou muito honrado e feliz", disse ele em entrevista ao NaTelinha na semana passada, no lançamento dessa nova leva de episódios.

Questionado se haverá alguma prova envolvendo Faustão com alguma pizza ou algo do tipo, despistou. "Não posso falar... Por enquanto ainda não, mas talvez tenha em breve", projeta Fogaça, que acredita que o formato pode durar longos anos na Band.

"Quando a gente fala de comida, a gente fala com todo mundo. Criança, adolescente, adulto, gente de idade. Todo mundo gosta de comer. Você acaba torcendo pra pessoa, passa raiva, fica feliz, junta a família, começa a mudar seu estilo de vida através do programa e conhecer outros ingredientes. A fórmula foi muito bem feita. Que dure mais bons anos pela frente."

Henrique Fogaça

MasterChef muda vidas, diz Henrique Fogaça

imagem-texto

Há quase uma década no ar, não são raras as histórias de pessoas que tiveram suas vidas transformadas com o MasterChef. Fogaça relata que ouve muito tipo de história nas ruas, de telespectadores que mudaram até de profissão após o talent show. Sempre quando questionados, o chef afirma que a profissão é dura, mas se orgulha do poder de transformação. "É muito gratificante", enaltece.

Para conquistá-lo, ele elenca o que o cozinheiro precisa fazer. "Ele tem que saber cozinhar, obviamente. Saber o básico da gastronomia porque tem vários tipos de prova, e ter a personalidade dele através da gastronomia. Às vezes a pessoa chega crua e amadora, tem algumas e ideias, mas no programa ela vai criando sua própria personalidade. Tanto na forma de apresentar os pratos, de se portar, prestar atenção, de se organizar. A gente leva tudo isso em conta", observa.

Sobre as saídas que mais sentiu nesses oito anos, Fogaça não cita nominalmente ninguém, mas conta que durante a semana, saiu um participante que julgava ter potencial para chegar mais longe. "Já me emocionou com várias saídas. Essa semana a gente gravando, saiu um participante que tinha muito potencial. Nessa prova específica ele saiu. E esse participante fiquei um pouco não decepcionado, mas um pouco triste. Vendo o brilho no olho dele, o cara poderia chegar perto da final", lamenta.

Com o nível cada vez mais elevado, sabe que os participantes já assistiram várias temporadas nos últimos anos, mas quando chega no set, tudo muda. "Ele sabe como funciona, mas na TV é uma coisa. Na hora 'neguinho' treme na base", brinca.

Durante as gravações, Fogaça grava quase o dia todo, e para cuidar dos seus restaurantes, divide a responsabilidade com gente de sua confiança. "Hoje tenho alguns subchefes e chefes. É um trabalho em equipe. Tenho vários braços direitos pra coisa continuar. Não dá pra largar totalmente. É uma coisa que não faz parte do meu trabalho como cozinheiro. Mas as pessoas vão tocando, estamos sempre nos falando. Estou sempre por dentro", assegura.


Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias