Reportar
erro
Rumo ao congresso

Bolsonaro confirma apoio a Datena como candidato e rasga elogios ao apresentador

Presidente de República informou que Datena vai ser candidato nas eleições de 2022


Jair Bolsonaro Sorrindo apontando o dedo, em frente a um microfone; Datena de boca aberta
Bolsonaro confirma Datena ao senado e rasga elogios ao apresentador - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 13/05/2022 às 16:59:33,
atualizado em 13/05/2022 às 17:18:27

Nesta sexta-feira (13), Jair Bolsonaro (PL) confirmou a candidatura de José Luiz Datena para o senado. O apresentador vai tentar a vaga na chapa de Tarcísio Freitas (Republicanos), ex-ministro de Infraestrutura do governo e pré-candidato ao governo de São Paulo. O anúncio aconteceu durante um almoço na casa do ex-presidente da Fiesp Paulo Skaf, no momento em que o Presidente da República revelou a notícia para a CNN.

"Datena é um grande comunicador, é muito respeitado e é ouvido por todas as classes sociais pelo trabalho que desempenha, sempre atento às demandas da sociedade. Ele vai agregar, com certeza, à chapa", afirmou Bolsonaro.

Para a emissora, Datena também confirmou a informação, mas preferiu não citar o nome de Bolsonaro, para que o eleitor não associe o nome dele ao do presidente, mesmo o politico o apoiando. "Chapa pura", afirmou Datena, frisando não  estar coligado a uma candidatura presidencial.

Apesar do apoio de Jair Bolsonaro, Datena tem histórico de críticas ao presidente

imagem-texto

No início do mandato de Bolsonaro, Datena elogiava o presidente no Brasil Urgente. Com o passar dos meses a situação mudou. No último ano, o apresentador começou a detonar o presidente durante seu programa na Band. Dentre vários assuntos polêmicos, como a defesa do político sobre o fim da urna eletrônica, o jornalista também o esculachou nos mais diferentes temas. 

Em fevereiro, ao citar o ministro da economia, Paulo Guedes, como o suposto responsável pelo aumento dos preços por causa das termelétricas, o jornalista acabou detonando o presidente, afirmando que o político corre o risco de perder a reeleição se continuar com o ministro. 

Mas, se Datena vinha detonando o Presidente, agora com o apoio do político para a sua candidatura, Datena assumiu uma posição mais neutra. O âncora inclusive começou a fazer merchandising (propaganda) para o governo federal durante o Brasil Urgente 

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias