Reportar
erro
Nova chance

Casos de Família entra na corda bamba do SBT e vive fase decisiva em nova grade

Sendo várias vezes o programa menos visto do canal, o Casos de Família terá que reagir na próxima semana


Christina Rocha com expressão preocupada com roupa roxa no Casos de Família
Christina Rocha à frente do Casos de Família; programa terá que reagir no Ibope se quiser continuar na grade - Foto: Reprodução/SBT
Por Thiago Forato

Publicado em 14/05/2022 às 07:41:03,
atualizado em 14/05/2022 às 14:12:44

No ar na faixa das 14h20 desde o final de novembro, o Casos de Família, apresentado por Christina Rocha, entrou na corda bamba do SBT. Acumulando baixas audiências, seu desempenho vem preocupando a emissora e caso não reaja a partir da próxima semana com a nova programação, pode sair do ar, apurou o NaTelinha.

A produção vem tentando gerar interesse para o programa reunindo personalidades conhecidas para debater os casos apresentados desde a última segunda-feira (9), mas até o momento, nada surtiu efeito. Internamente, fala-se que a mudança de horário foi o único culpado pela queda de desempenho, e os dados apontam que isso é verdade.

Em novembro, quando ainda estava na faixa das 16h, o programa registrou uma média de 4,3 pontos, chegando a cravar 5,1 de média no dia 8 do mesmo mês. Em abril, já às 14h20, o vespertino anotou ínfimos 2,1 na capital paulista, uma queda de 51,2% em relação ao seu horário original, antes das Novelas da Tarde. Nesta primeira semana de maio, a performance negativa se manteve com índices de 2,1.

Novas novelas chegam para salvar também o Casos de Família

Casos de Família entra na corda bamba do SBT e vive fase decisiva em nova grade

A nova grade de programação chega para ajudar salvar o próprio Casos de Família, que apesar do desinteresse do público, é lucrativo. Com novelas e a atração comandada por Christina Rocha, a meta é voltar aos 4 pontos de média, considerado seu desempenho natural, já que era justamente isso que ele dava antes de ser transmitido mais no início da tarde, em 29 de novembro.

Sua queda de desempenho começou a ser visto como alarmante e "inadmissível", apurou fontes ouvidas pelo NaTelinha. Não raramente, o Casos de Família é o programa menos visto do dia no SBT, atrás de atrações exibidas na madrugada, onde o índice de televisores é muito menor. Em determinados dias, ainda, o Fofocalizando chega a triplicar os números que recebe.

A partir desta segunda-feira (16), o Casos de Família será exibido a partir das 15h, sendo antecedido por Carrossel (12h), Esmeralda (13h) e Paixões de Gavilanes (14h). Esta última, estrangeira, não terá praticamente a concorrência de novelas, já que O Cravo e a Rosa (2001-2002), reapresentação em cartaz na Globo, começa por volta das 14h40.


Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Mais Notícias