Reportar
erro
Explicações

Após suposto atentado, cinegrafista da Band é preso nos Emirados Árabes

Profissional foi detido após cobertura do Mundial de Clubes


Logo da Band na frente de prédio em explosão
Após suposto atentado, cinegrafista da Band é preso nos Emirados Árabes - Foto: Reprodução
Por Redação NT

Publicado em 08/02/2022 às 19:19:06

Nesta terça-feira (8), o cinegrafista da Band Eduardo Reis foi preso enquanto estava trabalhando na cobertura do Mundial de Clubes em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes. Segundo informações de José Luiz Datena e Felipe Garraffa durante o Brasil Urgente, o profissional foi detido pela polícia local após uma grande explosão acontecer em um hotel, caso que muitos tratam como suposto atentado terrorista.

O funcionário do canal teria sido preso por tentar registrar imagens da cena do ocorrido e foi impedido pela polícia, que investiga o caso e tenta restringir as informações da imprensa e comunidade local como forma de controle.

"O nosso cinegrafista Eduardo Reis está detido porque nenhum cara pode usar câmera profissional, filmar nada, nem com o celular. Ele está detido e deve ser liberado em seguida, mas, é claro que Band á está tomando as providências... A informação lá é supercontrolada. Não tem como prender um cinegrafista internacional por conta de botijão de gás", contou Datena.

"Eles (equipe) estavam muito próximos da explosão. O Gustavinho (outro funcionário da Band) diz que está muito assustado. O Fernandinho Fernandes, o nosso repórter, acabou caindo no chão por conta da explosão. Ele não consegue falar no telefone agora no ar com a gente porque está com medo de também ser preso, por isso ele está assustado", afirmou.

Veja a partir do minuto 2h50:

Datena explora sofrimento de animal ao vivo

Antes de chamar o noticiário internacional sobre o suposto atentado em Abu Dhabi, Datena explorou o sofrimento de um animal ao vivo no programa. O apresentador mostrava o caso de uma égua atropelada por um ônibus em São Paulo, quando fez questão de que a câmera focasse no bicho caído na rua. Na transmissão, o comunicador abordou as dores do animal e, mesmo dizendo estar comovido com a cena, passou vários minutos mostrando o sofrimento do bicho.

"Quero pedir ao cinegrafista, ele deve gostar muito de remédio, mas é porque é inusitado. Ali, a égua ali, foca no bicho, não precisa mostrar remédio porque é uma coisa impressionante. Numa cidade como São Paulo, no bairro de bacana, uma égua atropelada por um microônibus. Não é pra mostrar remédio não, a gente já viu umas 20 vezes", disse o apresentador, que coleciona momentos polêmicos no programa.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias