Conteúdo pronto

Globo pode aproveitar novelas e trabalhos inéditos de Gilberto Braga

Gilberto Braga faleceu em outubro


Gilberto Braga de braços cruzados com imagem refletida no espelho
Gilberto Braga deixou trabalhos inéditos - Foto: Reprodução/Instagram
Por Redação NT

Publicado em 27/12/2021 às 10:34:28,
atualizado em 27/12/2021 às 11:07:32

Falecido em outubro, Gilberto Braga (1945-2021) deixou trabalhos inéditos na Globo e que podem ser aproveitados, informou o jornalista Flávio Ricco, em sua coluna no R7. Há duas novas novelas com sinopses entregues e aprovadas, mas que não tem previsão para que comecem a ser produzidas: Fogueira das Vaidades, às 18h e Intolerância, às 23h.

Além dessas, o novelista escreveu um episódio da série Os Experientes que a emissora pode aproveitar e gravar. Há ainda uma minissérie intitulada de O Independente Carioca, de 12 capítulos e um seriado policial chamado Cidade Maravilhosa.

Seria, portanto, cinco trabalhos. Seu último foi Babilônia (2015), até então ela detém o título de novela com menor audiência na faixa das 21h. A tendência é que ela seja superada por Um Lugar ao Sol, inteiramente gravada e que fica no ar até março, quando será substituída por Pantanal.

Gilberto Braga ficou deprimido após Babilônia, lamentou autor

Em um desabafo nas redes sociais, o escritor João Ximenes Braga afirmou que o novelista ficou deprimido depois do fiasco de Babilônia, há seis anos.

“Fui recebido no quarto, numa cama reclinável, tipo de hospital. Ele não estava bem de saúde, mas lúcido e muito deprimido com o fracasso de Babilônia, que até hoje é o pior ibope do horário”, recordou João Ximenes Braga, em depoimento ao site da jornalista Cristina Padiglione, da Folha de S.Paulo.

Segundo o coautor da novela, Gilberto não queria encerrar sua carreira com um fracasso. Por isso, desejava voltar logo ao trabalhar para recuperar seu prestígio. “O fracasso artístico e de audiência de Babilônia não pode ser atribuído a Gilberto e sim à intervenção mal intencionada que destruiu completamente a espinha dorsal da novela”, defendeu.

Braga faleceu no dia 26 de outubro e lutava contra o Mal de Alzheimer. Ele teve uma uma infecção sistêmica, ocorrida por causa de uma perfuração de esófago, e não resistiu às complicações. O autor estava internado no Hospital Copa Star, em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias