Rainer Cadete

Astro de Verdades Secretas vai estrear dois filmes na Netflix em menos de 15 dias

Rainer Cadete interpreta policiais em ambos os longas


Rainer Cadete com lantejoulas coloridas no rosto e cabelo laranja, posando para foto
Rainer Cadete se destacou como Visky nas duas temporadas de Verdades Secretas - Reprodução/Instagram

Rainer Cadete vai chegar na Netflix em grande estilo. O ator, sucesso como Visky nas duas temporadas de Verdades Secretas, tem dois filmes previstos para estrearem na gigante do streaming com menos de 15 dias de diferença, entre o fim de dezembro e o início de janeiro. O ator comemorou a dobradinha nas redes sociais, com os pôsteres dos longas.

"Ter um filme que eu co-produzi e atuei estreando na Netflix Brasil é o máximo. Ter outro estreando também na Naetflix no mês seguinte, protagonizado por mim, já é um luxo", festejou, em uma publicação feita no Instagram.  O ator ainda divulgou as datas em que as produções ficarão disponíveis no catálogo da plataforma. Intervenção - É Proibido Morrer no dia 27 de dezembro e Virando a Mesa em 10 de janeiro.

Em Intervenção, Rainer interpreta o Caio, um policial youtuber que, em seus vídeos, mostra o cotidiano das UPP's (Unidades de Polícia Pacificadora) e da comunidade. O filme mostra a rotina de policiais honestos que arriscam suas vidas diariamente por acreditarem que podem fazer a diferença na vida dos moradores locais através das propostas sustentadas pelo projeto de pacificação das favelas do Rio de Janeiro.

Já na comédia Virando a Mesa, ele dá vida a Jonas, um policial que chefia uma operação que visa fechar uma jogatina comandada por um mafioso. Mas, quando as circunstâncias o forçam a participar do jogo, ele descobre um talento nato com as cartas. As partidas progridem e o plano de evacuar o local ganha a presença de agiotas, sadomasoquistas e assaltantes.

Veja a publicação de Rainer Cadete:

Rainer Cadete sobre Verdades Secretas: "Fiz as pazes com meu lado feminino"

“Com o Visky, eu me sinto mais engraçado, mais alegre. Eu o tenho como um amigo, um alter ego, algo bem profundo. Ele me ensina muito sobre liberdade”, define o ator Rainer Cadete ao falar sobre seu personagem de grande sucesso em Verdades Secretas. O ator vestiu novamente a pele do booker homossexual nas gravações da continuação da novela de Walcyr Carrasco, que estreou sob direção de Amora Mautner no Globoplay em novembro.

Em entrevista exclusiva ao NaTelinha, Rainer Cadete conta que Visky foi fundamental em um processo de desconstrução. “Eu me permiti fazer as pazes com meu lado feminino”, reflete. “Nós homens somos muito estimulados a pensar que o feminino tem um papel secundário, uma grande ilusão criada por essa sociedade patriarcal. Tento falar com meu filho e estudar para perder esse pensamento, que eu cresci tendo e que só depois consegui ver o mundo com outras perspectivas, o que foi tão libertador e interessante".

O tema também está presente na estreia do artista na música, em uma parceria com o também ator e cantor Renato Luciano. Uma das músicas do primeiro álbum, intitulado Leves e Reflexivas, é Esse Negócio de Ser Macho. “É importante pensar nossas dores e nossos privilégios, e repensar esse lado macho de ser”, afirma.

Recentemente, em entrevistas, Rainer tem falado abertamente sobre a própria sexualidade, que define como “fluida”. O que era um tabu para parte da classe artística há poucos anos vem se desfazendo nas novas gerações. “Não tenho medo de perder papéis de galã, não. Estamos vivendo em um momento com coisas tão difíceis pelo mundo. Está na hora de a gente deixar de ser careta e pensar no que realmente é importante”, frisa o ator de 34 anos.

Há seis anos, para dar vida a Visky, Rainer Cadete fez aulas de stiletto, passarela e decorou cenas de RuPaul's Drag Race. “Na época, emagreci 13kg, coloquei mega hair e depilei o corpo inteiro”, recorda. Para os próximos capítulos, o foco tem sido a cultura vogue, movimento símbolo da resistência da população LGBTQIA+ nas décadas de 1980 e 1990. Na segunda temporada, Visky surge de cabelos azuis e ganhará um nova patroa para tratar como musa: Blanche, papel da atriz portuguesa Maria de Medeiros.

 

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias