Reportar erro
Processo

Ana Paula Henkel processa Casagrande por injúria, calúnia e difamação: "Distorção"

Comentarista da Globo afirmou que Ana Paula é "defensora das armas"

Ana Paula Henkel processa Casagrande por injúria, calúnia e difamação: "Distorção"
Ana Paula e Casagrande: briga vai ser nos tribunais - Divulgação

Redação NT

Publicado em 25/02/2021 às 10:59:59,
atualizado em 25/02/2021 às 11:13:52

A ex-jogadora de vôlei Ana Paula Henkel avisou que Walter Casagrande vai responder na Justiça acerca dos adjetivos que recebeu por ele. A bolsonarista foi classificada como uma "defensora das armas" e de "tudo que há de ruim na sociedade". "Entrou no campo das ofensas, da injúria, da calúnia e da difamação", falou ela no Pingos nos Is, da Jovem Pan, nesta quinta-feira (25).

Tudo começou quando ela recriminou a prisão do deputado Daniel Silveira (PSL). Por conta disso, Casagrande usou seu blog no Globo Esporte e no domingo (21), opinou: "Ana Paula Henkel, defensora dos violentos, dos antidemocráticos, das armas e de tudo que é ruim em nossa sociedade".

De lá pra cá, os dois passaram a discutir nas redes sociais e ela pediu que Casagrande "arrumasse o quarto" antes de tentar "consertar o mundo". "A gente tem que colocar os pingos nos is. É muito importante esclarecer algumas coisas que hoje já estão tentando. Há uma tentativa de distorção. Ao longo do tempo, em momento algum ataquei a honra e a imagem de ninguém. Nunca fui à página de ninguém, seja no Facebook, Instagram ou Twitter para ofender aquela pessoa ou mesmo discordar veementemente atacando a honra", salientou.

Ana Paula diz que escreve na mídia desde 2017 e nunca usou seu espaço para difamar, atacar ou fazer ofensas a absolutamente ninguém. "Faço meu trabalho de forma lícita, honesta, seguindo as leis brasileiros e a Constituição Federal. Falo com minha audiência nas redes sociais e com a nossa audiência aqui no Pingos nos Is, todos os dias de uma maneira respeitosa", prosseguiu.

O posicionamento político de Ana Paula Henkel

Segundo ela, sua posição política é alvo de críticas. Ao mesmo tempo, enxerga que posições diferentes são cruciais para um bom debate. "Faz parte do jogo. Não tem jeito. As pessoas têm todo o direito de discordar da ideia. E isso é muito saudável para qualquer democracia sólida. O que acontece comigo é que, muitas vezes, as pessoas perdem a mão. As pessoas vão para ataques vis, baixos, ofensas, calúnias e difamação."

E criticou Casagrande: "No domingo, esse senhor parece que acordou disse: 'Vou escrever um artigo que não vou atacar as ideias da Ana, vou atacar a Ana Paula. Não vou repetir o que ele disse aqui, o artigo está na internet para as pessoas lerem".

Para a profissional, o comentarista da Globo extrapolou a liberdade de expressão: "Entrou no campo das ofensas, da injúria, da calúnia, e da difamação. E agora, minha conversa com ele vai sair das redes sociais e vai ser no judiciário".