Reportar erro
Que susto!

Repórter é atropelado pela polícia em gravação para jornal

Jornalista sofreu pancada enquanto trabalhava na rua

Repórter levando pancada de viatura
Repórter é atropelado pela polícia em gravação para jornal - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 20/08/2021 às 21:10:00

O repórter J. Morhaes foi atropelado enquanto gravava uma matéria para o jornal da TV Suruí, afiliada da TV Cultura em Rondônia. O jornalista estava ensaiando uma passagem para o noticiário em Cacoal (RO), quando uma viatura da Polícia Militar aparece de ré em direção ao comunicador. Na sequência, o carro bate fortemente contra o repórter, que se assusta.

"Eu gravei tudo. Isso vai virar meme (risos)", disse o cinegrafista que registrou o momento, enquanto Morhaes ficou reclamando expressando dor nas costas. Quanto a polícia, a viatura foi embora em prestar assistência ao jornalista.

Assista:

Durante o Bom Dia SP, o repórter Alessandro Jodar relatou caso curioso no dia em que tomou vacina contra Covid-19. O jornalista narrou a hora em que a aplicadora do imunizante injetou a vacina no seu braço. Segundo o comunicador, a profissional perguntou sobre o físico dele, o deixando sem graça, já que é magro. A âncora Michelle Barros não conseguiu segurar o riso e gargalhou o vivo.

"Gente, é muito importante principalmente o pessoal que já está vacinado, já tomou as duas doses, faça um exercício (físico) pra não pagar mico como eu paguei. Eu fui tomar vacina e a pessoa que aplicou a injeção em mim virou e falou 'cadê seus músculos?' e aí tomei um susto e falei 'ó, pandemia, não estou indo na academia'", disse.

"Ela disse 'a tá, mas você teve Covid? Eu coloquei e senti a agulha bater no ossinho'. A moça já tinha acabado comigo na primeira não precisava ir até o fim desse jeito, então não deixa de fazer exercício", contou o jornalista, em tom humorado.

 

Turistas salvam repórter da Globo de congelar em gravação

Na quinta-feira (29/7), o repórter Douglas Márcio quase congelou ao fazer a cobertura do frio no sul do Brasil. O jornalista da NSC TV, afiliada da Globo em Santa Catarina, entrou ao vivo enrolado em uma manta e contou que foi salvo por turistas, que lhe deram o cobertor para trabalhar na rua.

Do estúdio, a apresentadora Eveline Poncio levou um susto ao chamar o profissional e ver o colega em estado complicado, fazendo link de Urupema, que registrada -7° C no momento em que fazia sua entrada.

Mais Notícias