Reportar erro
Pioneira

Renata Silveira será primeira narradora da seleção masculina pelo SporTV

Jornalista é a primeira mulher a ocupar o posto no Grupo Globo

Renata Silveira
"Mesmo longe de Tóquio por conta desse maldito vírus, a alegria é a mesma", comemorou Renata Silveira nesta semana - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 24/07/2021 às 15:14:00,
atualizado em 24/07/2021 às 16:20:42

Renata Silveira será a primeira mulher a ocupar o posto de narradora em uma transmissão da seleção masculina de futebol pelo Grupo Globo. Neste domingo (25), às 5h30 (Horário de Brasília), ela estará à frente da exibição pelo SporTV da partida do Brasil contra a Costa do Marfim pelas Olimpíadas de Tóquio.

No SporTV, Renata Silveira será acompanhada por comentários de Pedrinho e Paulo Cesar Vasconcellos. Já na TV aberta, a Globo, que também vai transmitir o jogo, seguirá com a tradicional narração de Galvão Bueno. A emissora principal também terá uma presença feminina: Ana Thais Matos comenta a partida ao lado de Caio Ribeiro.

Nesta semana, Renata comemorou em rede social a oportunidade de participar da cobertura dos Jogos Olímpicos. “Começou e eu tô dentro. Que loucura. Estou dentro de uma olimpíada, narrando e contando histórias. Histórias que eu cresci acompanhando pela TV”, escreveu no Instagram.

“Mesmo longe de Tóquio por conta desse maldito vírus, a alegria é a mesma. E por conta da pandemia a emoção é ainda maior”, prosseguiu. “Pode avisar que o Brasil chegou e chegou com tudo! E eu quero viver cada segundo dessa olimpíada que já começou especial demais e ainda mantendo a média de gols”, finalizou a narradora. Confira a publicação:

Renata Silveira foi contratada pela Globo em dezembro de 2020

Renata Silveira será primeira narradora da seleção masculina pelo SporTV

A jornalista foi contratada pelo Grupo Globo em 2020 e já havia se tornado a primeira mulher narradora nas transmissões de esporte da empresa. "O espaço para as mulheres vem crescendo bastante. Isso depende de oportunidade, porque a gente tem muitas mulheres capacidade para estarem ali, mas às vezes não tem oportunidade. Os veículos, não só a Globo, estão abrindo os olhos para as mulheres", disse ela em comunicado oficial.

Renata Silveira é formada em Educação Física com pós-graduação em Jornalismo Esportivo, e começou sua carreira ao vencer, em 2014, um concurso de narração na Rádio Globo. Logo depois, narrou Uruguai x Costa Rica e Croácia x México pela Copa do Mundo daquele ano. Na TV, ela narra jogos de futebol feminino e, do futebol masculino, partidas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil.

Mais Notícias