Reportar erro
Consciência Negra

Mãe e filha em Poliana, atrizes se unem contra o racismo

Maria Gal e Duda Pimenta sofreram ofensas nas redes sociais

As atrizes Maria Gal e Duda Pimenta
As atrizes Maria Gal e Duda Pimenta - Foto: Lourival Ribeiro/SBT
Paulo Pacheco

Publicado em 20/11/2020 às 21:30:01

As atrizes Maria Gal e Duda Pimenta, que foram mãe e filha em As Aventuras de Poliana, se reuniram para protestar contra o racismo, em vídeo publicado nesta sexta-feira (20), Dia da Consciência Negra. O manifesto marcou o reencontro das intérpretes de Gleyce e Kessya após a suspensão da novela do SBT.

A campanha, intitulada "O Meu Lugar no Mundo", foi idealizada por Maria Gal em parceria com a diretora Kelly Castilho. Em julho, a atriz foi chamada de "macaca" por um seguidor depois de não responder uma mensagem enviada por ele. O caso de racismo inspirou o vídeo de protesto.

"Quis chamar outras pessoas que também sofreram ataques racistas. A Duda passou por isso este ano, no Instagram. A ideia da campanha é trazer pessoas negras, de idades e gêneros diferentes, para mostras que todos nós sofremos racismo", explica Maria Gal ao NaTelinha.

Além das atrizes, o goleiro Aranha, símbolo da luta antirracista no futebol, participa da campanha. Quando atuava pelo Santos, o jogador foi xingado de "macaco" pela torcida do Grêmio durante uma partida válida pela Copa do Brasil, em agosto de 2014.

Produzido por uma equipe majoritariamente negra, o projeto com quatro vídeos vem como uma resposta para ressignificar as ofensas sofridas por cada um dos convidados.

Assista à campanha "O Meu Lugar no Mundo":

Mais Notícias