RedeTV!

Sikêra Jr associa Xuxa a pedofilia para comemorar vitória na Justiça

Apresentadora pediu para Alerta Nacional sair do ar após ser ofendida

Sikêra Jr associa Xuxa a pedofilia para comemorar vitória na Justiça
Sikêra Jr e Xuxa Meneghel - Foto: Montagem/Reprodução/RedeTV!/Instagram

Paulo Pacheco

Publicado em 20/11/2020 às 18:45:01 ,
atualizado em 20/11/2020 às 18:59:02

Sikêra Jr voltou a associar Xuxa Meneghel a pedofilia para comemorar a vitória contra a rival nos tribunais. A "rainha dos baixinhos" havia exigido a retirada do Alerta Nacional do ar, por ter sido ofendida pelo apresentador da RedeTV!, porém teve o pedido negado pela Justiça.

continua depois da publicidade

"Não vou desejar nada a essa senhora, porque já é uma senhora. Agora é com a Justiça, você não pode recorrer. Não vou mais promovê-la, a senhora quer promoção. O que tenho para dizer à senhora é o seguinte: que Jesus Cristo tenha dó da sua alma, porque o que a senhora está fazendo com as crianças, e não é de hoje, é terrível, é inaceitável", disse Sikêra nesta sexta-feira (20).

continua depois da publicidade

O que é "terrível e inaceitável", para Sikêra, é o livro recém-lançado por Xuxa, Maya: Bebê Arco-íris, em que a apresentadora conta a história de uma criança com duas mães. Ele associa homossexualidade a pedofilia todos os dias em seu programa e já foi processado por um grupo LGBT pela comparação mentirosa e preconceituosa.

"Nossos filhos estão em perigo. É livro LGBT para criança, inadmissível. Ainda me vem com o disfarce de LGBT Kids. Os pedófilos, os tarados, não sei qual tara é essa em nossas crianças. Tomem cuidado", afirmou o apresentador na abertura de seu programa.

continua depois da publicidade

Xuxa Meneghel x Sikêra Jr

A "guerra" entre Xuxa e Sikêra Jr começou quando a "rainha dos baixinhos" protestou contra ele após Luisa Mell ter compartilhado um vídeo do apresentador exibindo o estupro de uma égua e rindo do ato de zoofilia, exibido pela RedeTV! em 21 de outubro.

Ao invés de explicar por que fez piada com um abuso de vulnerável, o apresentador disparou provocações e mentiras contra suas duas opositoras. Um mês após a cena grotesca, Sikêra ainda não explicou por que riu de um estupro.

continua depois da publicidade

O apresentador também debochou de Junno Andrade, marido de Xuxa e autor da ação judicial exigindo a demissão de Sikêra e a cassação de seu diploma de jornalista, do qual ele diz não ter por ter "estudado até a sétima série": "Em vez de pedir a minha demissão, arrume um emprego ao seu marido, que não faz merda nenhuma, só vive na sua sombra".

O apresentador também mentiu novamente sobre uma ação do PSOL de combate ao bullying contra alunos com identidades de gênero diferentes do sexo biológico, dizendo que o partido quer impor "banheiros unissex" nas escolas. A legenda o processou pela disseminação de notícia falsa.

continua depois da publicidade




Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!