Reportar erro
Exclusivo

Ana Maria Braga deixa o Rio e produção deflagra operação salva-emprego na Globo

Globo bateu o martelo e toda produção do Mais Você terá base em São Paulo

Ana Maria Braga, em pé, usando um vestido verde dentro da sua casa em São Paulo
Ana Maria Braga será transmitido em São Paulo - Foto: Reprodução/Globo
Sandro Nascimento

Publicado em 13/11/2020 às 04:00:04

A notícia chegou com uma bomba para a equipe do Mais Você: a atração deixa o Rio de Janeiro e passa a ser produzida e gravada em São Paulo. A Globo aceitou um pedido antigo de Ana Maria Braga de transferir a atração para a capital paulista. Sob o risco de perderem o emprego, já que parte da produção não terá como seguir o novo destino da apresentadora, vários profissionais deflagraram uma operação para salvar a carteira assinada e buscam se encaixar em outro programa da emissora.

Em outubro, a Globo soltou um comunicado oficial afirmando que "Ana Maria continuaria gravando da casa dela até que o espaço nos Estúdios Globo em SP, na Berrini, fique pronto". Mas não tinha batido o martelo que a produção seguiria o mesmo caminho. Só que agora, segundo apurou o NaTelinha, é oficial e a equipe corre atrás de outras produções. Já se sabe que o É de Casa já está lotado porque vários funcionários do Se Joga foram realocados.

A situação complica porque várias equipes, não só do entretenimento, como da dramaturgia, foram desmanteladas, devido a proliferação do Sar-CoV-2, até segunda ordem. Uma delas é do Se Joga, que internamente é dado como encerrado, porém, oficialmente, a Globo ainda não confirma.

Ana Maria Braga em São Paulo

Ainda não está definido quais produtos entrarão na grade do próximo ano. Procurada, a Comunicação da Globo responde que trabalha com a programação de 2020. A única produção confirmada para 2021 é do Big Brother Brasil. O reality é um sucesso comercial, de audiência e de repercussão nas plataformas digitais. A mudança de sede do Mais Você vem deixando a equipe desesperada.

Desde 2012, Ana Maria Braga estava pedindo para ficar mais perto dos filhos e netos, algo que sempre lhe foi negado. O investimento alto na casa de vidro e o número grande de funcionários inviabilizavam a mudança, alegava a direção da casa. Mas o casamento, a pandemia, a volta de um câncer e, recentemente, a morte de Tom Veiga, pesaram na decisão dos diretores.



Mais Notícias