Reportar erro
Pistolou

Flávio Fachel viola norma da Globo e critica Bolsonaro: "Imoral e quase criminoso"

Apresentador do Bom Dia Rio não gostou da decisão do presidente

Flávio Fachel e Jair Bolsonaro em foto montagem
Flávio Fachel falou sobre Jair Bolsonaro - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 21/10/2020 às 17:07:00

Flávio Fachel, apresentador do Bom Dia Rio, criticou o presidente Jair Bolsonaro pelo Twitter nesta quarta-feira (21). O jornalista não gostou nem um pouco da declaração do governante sobre a decisão de não comprar a vacina Coronavac. Em texto publicado em seu perfil, ele disse que a ação é “imoral” e “quase criminoso”, violando uma das normas de jornalismo do Grupo Globo.

“Nenhum presidente, seja ele qual for, não tem autoridade suficiente para abrir mão de qualquer vacina para a Covid-19, venha ela de onde vier. É imoral e quase criminoso pretender isso”, disparou.

O comentário de Fachel ocorreu após ele compartilhar uma notícia sobre a decisão do presidente em não autorizar a compra de 46 milhões de doses da vacina que combate o novo coronavírus, desenvolvida pelo Instituto Butantan, de São Paulo, e pela empresa chinesa Sinovac.

A opinião de Fachel dividiu opiniões entre seus seguidores. Alguns eleitores de Bolsonaro disseram que a vacina não tem comprovação científica e o que não é certo comprar o produto antes do aval de cientistas. Contudo, houve quem lembrou da defesa do mandatário com a cloroquina, que também não tinha aval científico para combater a Covid-19.

Confira a repercussão:

Flávio Fachel viola norma de jornalismo do Grupo Globo

Flávio Fachel opinou sobre Jair Bolsonaro e acabou violando uma norma de jornalismo do Grupo Globo. O documento diz que o profissional da área deve se abster de expressar opiniões políticas e defender ideologias que fazem parte das coberturas jornalísticas da empresa.

O comunicado do presidente em relação a não compra da Coronavac ocupou boa parte dos principais telejornais da emissora nesta quarta-feira. Vale destacar que alguns jornalistas que se posicionaram politicamente perderam espaço na Globo, como é o caso de Chico Pinheiro.

Carreira de Flávio Fachel

Flávio Fachel viola norma da Globo e critica Bolsonaro: \"Imoral e quase criminoso\"

Flávio Fachel, de 55 anos, nasceu no Rio de Janeiro e estreou na televisão em 1991 pela RBN, afiliada da TV Manchete na época. Chegou na RBS TV, afiliada da Globo em Porto Alegre, em 1993 e passou a ganhar espaço na emissora em rede nacional a partir de 1997, ao apresentar reportagens para o Fantástico, Jornal Nacional e Globo Repórter.

Em 2000, chegou ao Rio de Janeiro e fez reportagens especiais sobre diversos temas. Em 2010, tornou-se correspondente da emissora em Nova Iorque, mas voltou para o Brasil em 2012, assumindo o Bom Dia Rio no ano seguinte, seguindo no comando até hoje.



Mais Notícias