Maratona

SBT e AACD mudam de ideia e Teleton 2020 será realizado em um único dia

No ar desde 1998, será a primeira vez que o Teleton acontecerá num dia só, por causa da pandemia

SBT e AACD mudam de ideia e Teleton 2020 será realizado em um único dia
Eliana é a madrinha do Teleton - Divulgação/SBT

Fabrício Falcheti

Publicado em 07/10/2020 às 12:24:52 ,
atualizado em 07/10/2020 às 17:00:54

O SBT e AACD mudaram de ideia e decidiram concentrar toda a edição do Teleton 2020 em um único dia, sábado, 7 de novembro. Até então, o evento beneficente estava marcado também para a sexta-feira (6), sem meta financeira estipulada, 90% remoto e com um programa mais curto que o de anos anteriores por causa da pandemia do novo coronavírus. Além disso, a maratona apostaria em games na madrugada, conforme confirmado em coletiva virtual.

Em comunicado divulgado no início da tarde desta quarta-feira (7), SBT e AACD anunciam a decisão de exibir o Teleton no sábado das 10h30 às 20h30, ou seja, 10 horas de maratona.

"Para gerar um maior engajamento de todos os públicos, o SBT e a AACD decidiram neste ano concentrar toda a realização do programa televisivo Teleton no dia 7 de novembro, sábado, das 10h30 às 20h30. A Campanha AACD Teleton 2020 já está a todo vapor desde o início de setembro e segue com diversas atrações inéditas. Uma semana antes do Teleton na TV, o SBT Games vai trazer várias atividades entre os jogadores engajados na causa da pessoa com deficiência. No próximo dia 27 de outubro, será realizada a coletiva de imprensa artística do evento, que neste ano será totalmente online e exclusiva para a imprensa credenciada. Em breve, será enviado o convite", disse a nota assinada pelo SBT e a AACD.

Até então, o Teleton 2020 aconteceria nos dias 6 e 7 de novembro. A abertura seria ao vivo das 22h30 à 01h30, depois seguiria com games na madrugada e contaria com boletins durante a programação normal da emissora, das 07h às 14h do sábado, voltando ao vivo às 15h45 e seguindo até 22h. Para evitar esse espaçamento e uma queda no engajamento, a decisão de fazer tudo num único dia foi tomada, pela primeira vez na história do Teleton - no ar desde 1998.

Teleton diferente

Para Norma Mantovanini, diretora do evento no SBT, esse é o ano mais imprevisível da história. "A ficção virou realidade quando a gente se deparou com esse vírus, quando tirou as pessoas das ruas, tirou o lazer das pessoas, as pessoas da AACD, do hospital, gerando um problema financeiro grande, e tirou a plateia dos programas de TV como o Teleton. A gente está super rígido com os cuidados que temos que ter dos colaboradores. E esse ano temos um desafio grande", disse durante a coletiva de imprensa realizada no dia 09 de setembro.

Ela explicou ainda que neste ano será mantido dois apresentadores distantes um do outro, respeitando todos os protocolos de segurança. "Daniel e Eliana vão abrir o Teleton. Celso [Portiolli] e Maisa que são os padrinhos digitais estarão presentes e uma série de duplas se revezarão."

Por causa da pandemia, neste ano o Teleton não terá meta de arrecadação. "Nós vamos lutar para arrecadar o máximo possível. Essa é a mensagem que vamos passar para as pessoas. Por isso não estabelecemos uma meta, porque a necessidade é enorme. Quem sabe consigamos superar o ano passado", almeja Valdecir Galvão, CEO da AACD.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!