Reportar erro
Felipe Camargo

Ex-galã da Globo deixa críticas a religiões de lado por dinheiro em nova série do Star+

Ator não tem contrato fixo com a emissora carioca desde o início de 2020

Felipe Camargo de camisa estampada sorrindo e posando para foto
Felipe Camargo em registro publicado nas redes sociais - Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 25/11/2021 às 14:07:00

Felipe Camargo acaba de se juntar ao time de ex-atores da Globo que estrelarão produções para o streaming. O ator, que não tem contrato fixo com a emissora desde o primeiro semestre de 2020, vai protagonizar a nova série do Star+, plataforma de conteúdos por assinatura da The Walt Disney Company. Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, inicialmente, a série se chamaria O Santo mas, como a concorrente Netflix lançará Santo, com Bruno Gagliasso, o nome precisou ser alterado. 

Com o título provisório de O Santo Maldito, a produção estrelada por Felipe contará a história de um professor universitário que é um crítico ferrenho de religiões e deixa suas objeções de lado por dinheiro. Após passar por problemas financeiros, o personagem aceitará a proposta de um pastor cadeirante de periferia, vivido por Augusto Madeira, para fazer cultos. 

Além dos dois atores, Othon Bastos e Ana Flávia Cavalcanti integram o elenco. Ainda segundo a colunista, a segunda temporada da série já foi confirmada e as gravações acontecem em São Paulo, dirigidas por Gustavo Bonafé.

Felipe Camargo relembra luta contra as drogas e desabafa: "Me julgava fraco"

Felipe Camargo relembrou sua dependência química entre os anos 80 e 90 numa conversa com o ator e humorista Nelson Freitas no YouTube. Camargo afirma ter encontrado apoio em reuniões dos Narcóticos e Alcoólicos Anônimos e revelou como conseguiu superar esse obstáculo.

No início, ele disse que não fazia ideia que era portador de uma doença incurável. "Comecei a beber em casa com o meu avô, vieram as festas, a gente perde timidez... Bebia apenas nos finais de semana, mas sempre em excesso."

Depois, a coisa foi degringolando. "O álcool é uma substância perigosa, acabei me expondo, fui me excedendo. Até eu entender e aceitar, tive muita derrota. Me julgava fraco porque não conseguia parar, até quando conheci os Alcoólicos Anônimos", alerta. "Eu decidi que não quero que minha passagem nessa vida seja isso, não quero essa lama, esse sofrimento. A vida é muito maior", desabafou ele.

 



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias