Reportar erro
Incentivadora

Ator de Detetives do Prédio Azul perdeu avó para Covid-19: "Não me viu estreando"

Stéfano Agostini dá vida a Zeca, o novo Capa Verde na série do Gloob

Stéfano Agostini como o capa verde Zeca na série DPA - Detetives do Prédio Azul
Com Stéfano Agostini como o capa verde Zeca, DPA - Detetives do Prédio Azul chega à 15ª temporada - Foto: Reprodução/Gloob
Redação NT

Publicado em 16/10/2021 às 15:40:00,
atualizado em 16/10/2021 às 15:55:19

Na série DPA - Detetives do Prédio Azul, do Gloob, Zeca, vivido por Stéfano Agostini, tem como principais inimigos os vírus e as bactérias. Bem antes da pandemia da Covid-19, o pequeno investigador já andava com álcool em gel a tiracolo. Em entrevista ao canal Intervenção, de Roger Turchetti, o ator mirim falou sobre essa característica do personagem.

“Quando a pandemia chegou, a gente ficou chocado porque o Zeca veio antes da Covid-19. Ele sempre aparece com um álcool em gel… Na época, pensei: ‘Caraca, que coincidência’”, relatou Stéfano Agostini, de 10 anos, ao canal Intervenção, no YouTube. A íntegra da entrevista foi concedida em primeira mão ao NaTelinha, e vai ao ar neste domingo (17), a partir das 20h.

No papo com Roger Turchetti, o jovem artista opinou que a mania de limpeza de Zeca serve de alerta para as crianças que assistem à série sobre a necessidade de cultivar hábitos de higiene. Na vida real, o menino perdeu a avó materna, uma de suas maiores incentivadoras, para a Covid-19.

“Quando minha avó morreu, eu fiquei super triste. Ela sempre foi uma avó muito querida e amada. Nunca vou me esquecer dela. Ela queria muito me ver estreando e não conseguiu. Foi bem complicado para mim e para minha família. Desde que ela soube que eu faria o Capa Verde, sempre me chamou de Zeca. Eu era o ‘Zequinha da vovó’.”

Stéfano Agostini

DPA é a série infantil mais longa produzida no Brasil

No ar desde 2012, DPA chega à sua 15ª temporada como a série infantil mais longa produzida no Brasil. O papel de Capa Verde, que hoje cabe a Stéfano Agostini, era de Pedro Motta. Nos novos episódios, Nathália Costa entra em cena como Maria Flor, substituindo a personagem Sol, vivida por Letícia Braga.

Os novos episódios também mostram a chegada de uma bruxa disfarçada no Prédio Azul, fazendo com que o trio de detetives desvende os mistérios. Além da feiticeira Berenice, a nova temporada teve o retorno de alguns personagens e a presença de participações especiais, como de Mateus Solano e Garibaldo, da Vila Sésamo.

Mais Notícias