Nostalgia

Eu, a Patroa e as Crianças: 10 segredos revelados sobre os bastidores da série

Programa terminou em 2005

Eu, a Patroa e as Crianças: 10 segredos revelados sobre os bastidores da série
Protagonistas de Eu, a Patroa e as Crianças - Foto: Divulgação

Redação NT

Publicado em 22/10/2020 às 07:13:00

Eu, a Patroa e as Crianças (2001-2005) se tornou um dos grandes sucessos da TV norte-americana e conquistou milhões de fãs no Brasil. Entretanto, nem todos sabem histórias que ocorreram nos bastidores, como a troca de atrizes da personagem Claire e as críticas de bullying praticadas pelo personagem protagonista.

Com 15 anos desde a exibição do último episódio da produção, os atores seguiram caminhos diferentes. Damon Wayans e Tisha Campbell tiveram papéis em séries da TV aberta, enquanto artistas mirins chamam atenção nas redes sociais pelos seus corpos sarados.

continua depois da publicidade

Troca

Na primeira temporada da série, Claire, filha de Michael e Jay, foi interpretada por Jazz Raycole. Contudo, a família da atriz optou por não renovar o contrato da jovem ao saber que a segunda temporada mostraria sua personagem envolvida em uma história na qual sua amiga Charmaine (Raven-Symone) iria aparecer grávida.

continua depois da publicidade

Isso fez com que a produção procurasse uma nova artista e Jennifer Nicole Freeman foi escolhida para assumir o papel. Ela entrou na segunda temporada e continuou no enredo até o cancelamento da série. Logo na primeira aparição de Claire, Michael diz que há algo diferente com sua filha.

continua depois da publicidade

Essa não foi a única torça que ocorreu em Eu, a Patroa e as Crianças. Meagan Good apareceu várias vezes como Vanessa, namorada de Junior (George O. Gore II), na terceira temporada, mas deixou o programa no ano seguinte. Para ocupar o papel, a ABC escolheu Brooklyn Sudano.

continua depois da publicidade

Inspiração

Damon Wayans é um dos criadores de Eu, a Patroa e as Crianças e nunca escondeu que uma das suas inspirações foi The Cosby Show, sitcom transmitida pela NBC de 1984 a 1992. A produção retratava a vida da família Huxtable, formada por afro-americanos da classe média que vivia em Brooklyn, em Nova Iorque.

continua depois da publicidade

O programa fez um estrondoso sucesso e foi considerado por muitos especialistas a série mais bem sucedida da década de 1980, pois resgatou o gênero de sitcom para a TV, além de aumentar significativamente a audiência da NBC. Cliff Huxtable também ganhou o título de maior pai da TV, eleição feita pela revista TV Guide.

continua depois da publicidade

Religião

É muito comum as séries de humor façam episódios com datas comemorativas, como Natal e Halloween, mas Eu, a Patroa e as Crianças nunca fez isso. Essa decisão aconteceu para respeitar Damon Wayans, que foi criado como Testemunha de Jeová e não comemora tais datas.

continua depois da publicidade

Contudo, há episódios em que a série faz homenagens para os pais, mães e outras profissões. Além disso, há aparições especiais de artistas conhecidos do grande público. Um dos momentos mais marcantes da produção é quando Michael Jordan aparece na tela.

continua depois da publicidade

Pai predileto

Michael Kyle é conhecido por ser um pai rígido, entretanto, participativo ao mesmo tempo. Na série, o personagem é controlador e faz com que os filhos sigam exatamente o que ele quer. Quando não é respeitada a sua vontade, cria planos mirabolantes bem humorados para castigá-los.

continua depois da publicidade

Com uma personalidade tão fora da casinha, Michael conquistou o coração dos norte-americanos e se tornou o 27º pai mais querido dos Estados Unidos, de acordo com pesquisa feita pela revista TV Guide. Ele tinha muito mais popularidade com a comunidade negra.

continua depois da publicidade

Crítica

Como descrito acima, Michael Kyle era um pai controlador e os filhos tinham que seguir os seus desejos. Quem mais “sofria” com as armações dele era Junior, seu primogênito, já que recebia diversos apelidos e chegou até a ser expulso de casa após engravidar a namorada.

continua depois da publicidade

O comportamento de Michael divertia o público e muitos fãs consideram essa relação entre pai e filho uma das melhores. Entretanto, os críticos de TV dos Estados Unidos desaprovaram o roteiro e chamaram a atitude de Kyle bullying contra Júnior.

continua depois da publicidade

Nomes diferentes

O nome original da série é My Wife and Kids (Minha esposa e filhos) e ganhou o título de Eu, a Patroa e as Crianças no Brasil e Patriarca com Estilo em Portugal. A série conquistou novos nomes ao redor do mundo, como What’s Up, Dad? (E aí, papai?) na Alemanha, Ma Famille D’abord (Minha Família em Primeiro Lugar) no Canadá e Meidän faija (Nosso Pai) na Finlândia.

continua depois da publicidade

Damon Wayans protagonista de série de aventura

Damon fez muitos trabalhos ao longo da vida, mas ganhou popularidade ao dar vida ao personagem Michael Kyle. Com 60 anos, pai de quatro filhos, ele conseguiu outro papel de destaque ao protagonizar a adaptação de Máquina Mortífera (2016-2019).

continua depois da publicidade

O programa teve três temporadas e conquistou bons índices de audiência nas duas primeiras partes. Entretanto, Clayne Crawford causou problemas nos bastidores e foi substituído por Seann William Scott.

continua depois da publicidade

Tisha Campbell em Todo Mundo Odeia o Chris

Tisha Campbell segue na carreira de atriz e conseguiu ter outro destaque em uma das séries de sucesso da TV americana no Brasil: Todo Mundo Odeia o Chris (2005-2009). Ela aceitou o desafio de interpretar a personagem Peaches Clarkson a partir da quarta temporada por causa da sua amizade com Tichina Arnold, a Rochelle.

continua depois da publicidade

Ela também fez uma participação especial em Empire (2015-2020) ao interpretar uma cantora de um grupo musical. Atualmente, a atriz fez parte da série Outmatched (2020) e Be Someone (2020).

Série de sucesso

Eu, a Patroa e as Crianças foi vendida para centenas de países e é exibida até hoje em emissoras pagas da TV dos Estados Unidos. Na época que exibia episódios inéditos, tornou-se o programa predileto da comunidade negra do país norte-americano, além de ter conquistado diversos prêmios.

continua depois da publicidade

No Brasil, a atração conquistou milhões de fãs por conta da sua transmissão no SBT, tanto que fez parte de forma fixa da programação do canal de Silvio Santos durante mais de uma década. Atualmente, a produção é um dos chamarizes do Comedy Central.

continua depois da publicidade

Noah Gray-Cabey e Parker McKenna Posey sensuais

Quem aí se lembra da pequena Kady de Eu, a Patroa e as Crianças? A filha de Michael e Jay Kyle era um dos destaques da série da ABC que foi produzida entre 2001 e 2005, contando com 123 episódios distribuídos em cinco temporadas.

continua depois da publicidade

A caçula da família Kyle era interpretada por Parker McKenna Posey, que começou na série aos 5 anos. Ao longo da dela, sua mudança foi evidente, já que saiu dela quando tinha 9. A agora beldade tem 24 anos e arranca suspiros dos seus milhões de seguidores, que acompanham as fotos sensuais que ela publica.

continua depois da publicidade

Já Noah, que formou par romântico com Kady, seguiu carreira de ator e integrou o elenco de Heroes (2006-2009), além de atuar em alguns filmes. Mas hoje ele chama atenção pelo seu corpo definido.

Cancelamento

O último episódio da série não foi planejado para servir como encerramento da série, tanto que Jay anuncia para Michael que engravidou. A intenção dos roteiristas era tratar a chegada de mais um membro para a família Kyle. Contudo, todos foram pegos de surpresa com o cancelamento da produção.

continua depois da publicidade

Na época, a direção da ABC não quis explicar o motivo do cancelamento. Após alguns meses, jornalistas dos Estados Unidos revelaram que a produção ganharia uma sexta temporada, contudo, fato nunca confirmado por nenhuma das partes.

continua depois da publicidade

Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!