Reportar
erro
Exclusivo

HBO não quer autores medalhões da Globo em suas telesséries

Plataforma quer apostar em novos autores e menos badalados


Gloria Perez sorrindo
HBO não quer autores como Gloria Perez - Foto: Reprodução
Por Daniel César

Publicado em 14/04/2022 às 05:25:00,
atualizado em 14/04/2022 às 10:50:15

A HBO Max está investindo em novelas, que vem sendo chamadas de telesséries no Brasil e quer produzir muito mais do que apenas uma. Mesmo assim, não faz parte da busca da plataforma de streaming da Warner buscar os chamados medalhões da Globo, ou seja, os principais autores da emissora carioca, como Glória Perez ou mesmo Walcyr Carrasco, ambos ainda contratados pelo canal carioca.

Segundo apurou o NaTelinha, o serviço vai buscar nomes que já tenham alguma experiência com roteiro, como fez com Raphael Montes, responsável por Segundas Intenções, primeira novela original da plataforma. Mas este deverá ser o mote, sem a aquisição de medalhões e isso é um consenso dos dois principais executivos da área, Mônica Albuquerque e Silvio de Abreu.

Coincidência ou não, ambos trabalharam por décadas na Globo e formaram a dobradinha na dramaturgia nos últimos tempos, até a mudança que culminou com Ricardo Waddington e José Luiz Villamarim assumindo as funções a partir de 2021. Coube, inclusive, a Silvio de Abreu a responsabilidade de promover a maior renovação no gênero, ao não renovar contrato de grandes nomes como Aguinaldo Silva e Miguel Falabella, além de garantir chance a novatos como Daniel Ortiz.

Mas para a HBO a não contratação de medalhões tem muito a ver com o perfil que a empresa quer criar. A intenção, segundo fontes ouvidas pela reportagem, não é reproduzir novelas que já são feitas por muitos anos na Globo, mas encontrar seu próprio caminho, até por isso o nome foi alterado para telesséries, um híbrido dos principais formatos de sucesso no mundo.

Gloria Perez não vai para a HBO

imagem-texto

Quando Mônica Albuquerque assumiu a direção da HBO Max muito se falou da possibilidade de Gloria Perez migrar para a plataforma após o fim de seu contrato com a Globo, já que ela não tinha o mesmo vínculo com a nova cúpula do canal carioca. Mas isso já foi completamente descartado e não houve negociação financeira avançando entre as partes.

O momento também é outro e Perez se transformou na queridinha de Villamarim. Tanto que ela ganhou enorme destaque com sua Travessia e até pulou a fila da faixa das 21h, assumindo a vez de João Emanuel Carneiro, que migrou para o Globoplay. Internamente, a novela dela é tratada como uma superprodução ao mesmo tempo em que a HBO quer nomes considerados com novo fôlego.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias