Cena de cinema

De Closer a Pulp Fiction: 5 clássicos do cinema na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

Em duas semanas de exibição foi possível reconhecer pelo menos 5 filmes


Paula, Neném, Flávia e Guilherme em cena de Quanto Mais Vida, Melhor
Paula coloca a vida de todos em risco em Quanto Mais Vida, Melhor - Reprodução/TV Globo

Não precisa ser cinéfilo para perceber que Mauro Wilson, autor de Quanto Mais Vida, Melhor, buscou inspiração em alguns clássicos do cinema moderno em sua obra. Em duas semanas no ar já foi possível reconhecer pelo menos cinco longas homenageados na trama. Na novela das sete, Paula (Giovanna Antonelli), Guilherme (Mateus Solano), Neném (Vladimir Brichta) e Flávia (Valentina Herszage) têm a chance de voltar à vida depois de sofrerem um acidente de avião. Para dar mais emoção, a morte (A Maia) explica que um deles morrerá em um ano.

A história dos quatro poderiam ter saído de Premonição. No filme lançado em 2000, um grupo de estudantes embarca em voo com direção a Paris quando um deles sonha que a aeronave está caindo e atrasa a decolagem.

Ele e mais alguns colegas desistem da viagem, se tornando os únicos sobreviventes da tragédia, mas tendo que driblar a morte. Em uma das cenas, os amigos enguiçam com o carro em uma linha férrea. Curiosamente, o carro de Paula também parou na linha do trem e por muito pouco o pior não aconteceu. Saiba mais!

Confira os filmes homenageados na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

Premonição

De Closer a Pulp Fiction: 5 clássicos do cinema na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

O primeiro filme de uma trilogia de sucesso entre os adolescentes foi lançado em 2000. Na sinopse, o adolescente Alex (Devon Sawa) faz parte de um grupo de estudantes com viagem para Paris. Já dentro do avião, ele sonha que a aeronave está caindo e consegue desembarcar antes que ela caia. A partir daí, ele e alguns colegas que o seguiram precisam driblar a morte. Em uma das cenas, alguns dos sobreviventes enguiçam com o carro na linha do trem e conseguem escapar, assim como a cena exibida no último sábado (27) em Quanto Mais Vida, Melhor.

Pulp Fiction

De Closer a Pulp Fiction: 5 clássicos do cinema na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

Para não ter dúvidas de que o autor da novela das sete buscou inspiração no cinema, o nome da boate onde Flávia e Cora (Valentina Bandeira) são dançarinas é o mesmo desse clássico de Quentin Tarantino. Lançado em 1994, o filme, considerado um dos melhores do diretor, apresenta uma narrativa não linear, narrando três histórias distintas que se entrelaçam entre si.

Conhecido por seus diálogos ricos e ecléticos, mistura ironia e violência. Estrelado por John Travolta e Samuel L. Jackson, até hoje é lembrado pela cena antológica do galã de Os Embalos de Sábado a Noite dançando com Uma Thurman.

Closer - Perto Demais

De Closer a Pulp Fiction: 5 clássicos do cinema na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

Neste sucesso de 2004, Alice (Natalie Portman) é stripper em uma casa noturna que se torna musa inspiradora de Dan (Jude Law). O jornalista mantém um caso com Anna (Julia Roberts), que é casada com Larry (Clive Owen). Em uma das cenas, a dançarina se apresenta com uma peruca cor de rosa, assim como Flávia surgiu para Murilo (Jaffar Banbirra) logo no primeiro capítulo de Quanto Mais Vida, Melhor.

Striptease

De Closer a Pulp Fiction: 5 clássicos do cinema na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

O ano era 1996, quando Demi Moore exibiu seu corpão fazendo pole dance no filme Striptease. Na trama, Erin era uma secretária do FBI que perde o emprego por culpa dos goles aplicados pelo ex-marido e passa a trabalhar como stripper, tendo que lidar com políticos corruptos, um congressista tarado e até o ex safado, enquanto luta para recuperar a guarda de sua filha. Na novela das sete, Cora também é uma stripper. Ela e Valentina se apresentam no pole dance na boate Pulp Fiction.

Rocky - Um Lutador

De Closer a Pulp Fiction: 5 clássicos do cinema na trama de Quanto Mais Vida, Melhor

Estrelado por Sylvester Stallone, o primeiro de uma trilogia de sucesso, conta a história de Rock Balboa, um pugilista ítalo-estadunidense de um clube modesto, ingênuo e sem instrução, que consegue a chance de participar do campeonato de pesos pesados. Sem recursos, ele treina em peças de carne e congeladas e corre nas ruas da Filadélfia. Uma das cenas inesquecíveis é quando Rocky sobe a escadaria de uma igreja.  Esta semana, o jogador de futebol Neném aparece em cena correndo com seu treinador, o personagem de Marcos Caruso, e reproduz a cena do lutador com os comemorando o feito com os braços erguidos.

NaTelinha no Google News

Acompanhe as exclusivas da televisão, resumos das novelas, as bombas dos famosos, realitys e muito mais na palma da mão.

Siga-nos
Mais Notícias