Já pensou?

Renata Sorrah como Marta? Páginas da Vida teve troca-troca de atores antes de começar

Novela de Manoel Carlos está sendo reprisada no Canal Viva


Montagem de fotos de Renata Sorrah e Lília Cabral sorrindo e posando para foto
Renata Sorrah foi convidada para viver Marta, mas papel ficou para Lília Cabral - Fotos: Instagram/Divulgação TV Globo

Sucesso em sua primeira exibição, Páginas da Vida (2006) inicia sua segunda semana no Canal Viva e, dificilmente, os fãs da novela escalariam atores diferentes para viver os dramas da trama de Manoel Carlos. Porém, engana-se quem pensa que o elenco que o autor pensou de primeira era esse. Maneco queria, por exemplo, Renata Sorrah na pele de Marta, vilã que acabou sendo interpretada por Lília Cabral e foi uma virada na carreira da atriz. Priscila Fantin também recebeu um convite do novelista, mas passou a bola para Regiane Alves viver Alice.

Veja o troca-troca de atores que Páginas da Vida teve antes mesmo de ir ao ar:

Renata Sorrah como Marta? Páginas da Vida teve troca-troca de atores antes de começar

Renata Sorrah por Lília Cabral

Renata Sorrah foi convidada para viver a vilã Marta, porém, por achar que ainda estava muito marcada pelas maldades que fez na pele de Nazaré, em Senhora do Destino (2004), a atriz pediu que fosse escalada para outro papel. Tendo seu desejo atendido, acabou interpretando a promotora Tereza, profissional honesta que precisa lidar com a falta de escrúpulos do marido, o advogado Nestor (Zé Carlos Machado). A antagonista Marta ficou, então, por conta de Lília Cabral e acabou sendo considerada um divisor de águas na carreira da atriz. A paulistana foi muito elogiada por público e crítica, ganhou a estatueta de Melhor Atriz no Troféu Imprensa, do SBT, e foi indicada ao Emmy Internacional de 2007, na mesma categoria da premiação da emissora de Silvio Santos.

Renata Sorrah como Marta? Páginas da Vida teve troca-troca de atores antes de começar

Zé Carlos Machado por Marcos Caruso

Quem vê Marcos Caruso na pele do sofredor Alex com certeza não imagina o ator interpretando Nestor. Porém, a escalação inicial era essa. No dia da apresentação de elenco, a direção da novela decidiu fazer a troca entre Caruso e Zé Carlos Machado por achar que os dois se enquadrariam melhor nos papeis. A equipe do folhetim mostrou que estava certa e a parceria de Marcos Caruso e Lília Cabral foi uma das mais marcantes da novela das nove. Anos depois, em 2018, os atores se reencontraram no extinto Vídeo Show e Caruso relembrou a mudança de escalação de Páginas da Vida. "Eu nem ia fazer esse personagem. Ele foi trocado no dia da apresentação do elenco. Eu ia ser marido de outra atriz", contou, dizendo que essa foi sua primeira parceria com Lília.

Renata Sorrah como Marta? Páginas da Vida teve troca-troca de atores antes de começar

Priscila Fantin por Regiane Alves

Manoel Carlos queria que a mimada Alice fosse interpretada por Priscila Fantin, mas a atriz recusou o convite do veterano porque já estava emendando diversos trabalhos. No ano seguinte, deu vida a Beatriz, protagonista de Sete Pecados, novela de Walcyr Carrasco. Sendo assim, o papel que seria dela em Páginas da Vida foi passado para Regiane Alves, que fez sua terceira antagonista em uma novela de Maneco, após a Clara, de Laços de Família (2000), e a Dóris, de Mulheres Apaixonadas (2003). Alice é uma jovem geniosa que conhece a família de Léo (Thiago Rodrigues) há bastante tempo e fica noiva do rapaz, vendo sua vida mudar quando o galã descobre tudo o que aconteceu com a ex-namorada Nanda (Fernanda Vasconcellos) e seus filhos gêmeos.

Renata Sorrah como Marta? Páginas da Vida teve troca-troca de atores antes de começar

Lavínia Vlasak por Christine Fernandes

O destaque conquistado por Lavínia Vlasak como Estela em Mulheres Apaixonadas fez com que Manoel Carlos quisesse a atriz como Simone, uma estilista que, após uma temporada de estudos fora do Brasil, finalmente inicia um romance com Jorge (Thiago Lacerda), por quem ficou interessada antes de viajar. Lavínia recusou o papel para viver a protagonista de Prova de Amor (2005), da Record, e a personagem foi dada a Christine Fernandes. Curiosamente, a atriz havia acabado de estrelar uma novela da emissora concorrente, Essas Mulheres (2005). A troca foi uma boa pedida para os dois lados, pois a loira se saiu bem em Páginas da Vida e Lavínia viu Prova de Amor se tornar um fenômeno, sendo a novela de maior audiência da emissora de Edir Macedo no século XXI.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias