Biografia

"O que escrevi obedece à época em que tudo foi escrito"

  • Nome: Manoel Carlos Gonçalves de Almeida
  • Nascimento: 14/03/1933
  • Idade: 87 anos
  • Estado civil: Casado
  • Profissão: Escritor
  • País: Brasil
  • Cidade: São Paulo (SP)

Manoel Carlos, também conhecido como Maneco, é um dos principais autores de novela do Brasil. Pioneiro na TV brasileira, iniciou a carreira na década de 1950, na Tupi, trabalhando inicialmente como ator em teleteatros, e futuramente como roteirista, produtor e diretor de diversos programas.

As primeiras novelas na Globo, onde viria a se firmar, foram adaptações literárias: Maria, Maria e A Sucessora, ambas em 1978. Colaborou com Gilberto Braga no texto de Água Viva (1980) e estreou como autor solo no horário nobre com Baila Comigo (1981), que fez grande sucesso.

Após Sol de Verão (1982), que terminou tragicamente com a morte do ator principal, Jardel Filho (1928-1983), só voltaria a escrever para o formato com Novo Amor (1986), para a Manchete. De volta à Globo na década de 1990, acumulou sucessos. Às 18h, fez Felicidade (1991) e História de Amor (1995).

Em seguida, sagrou-se às 21h com um estilo próprio, uma espécie de crônica da classe média carioca. Por Amor (1997), Laços de Família (2000), Mulheres Apaixonadas (2003) e Páginas da Vida (2006) mobilizaram o país. As duas últimas criações, Viver a Vida (2009) e Em Família (2014), não repetiram o êxito de outrora.

A carreira vitoriosa ainda inclui seriados e minisséries elogiadas, como Presença de Anita (2001) e Maysa - Quando Fala o Coração (2009). Seu trabalho mais recente na TV foi a supervisão de texto da série Não se Apega, Não (2015), exibida no Fantástico.

É casado desde 1981 com Elisabety Gonçalves de Almeida, e pai da escritora e roteirista Maria Carolina e da atriz Júlia Almeida. Enfrentou a morte de três filhos: Ricardo, em 1987, vítima da AIDS; Manoel Carlos Júnior, em 2012, que não resistiu a um ataque cardíaco; e Pedro Almeida, em 2014, que sofreu um mal súbito aos 22 anos.