Reportar erro
Delírio

Império: Cora morre após suposta noite de amor com José Alfredo

Megera morre após levar um tiro no lugar do Comendador

Cora e José Alfredo em cena de Império
Cora morre após suposta noite de amor com José Alfredo - Reprodução/Globo
Natasha Amaral

Publicado em 16/09/2021 às 04:33:00

Nos próximos capítulos de Império, Cora (Marjorie Estiano) finalmente vai ganhar sua tão sonhada noite de amor com José Alfredo (Alexandre Nero). A vilã vai ter seu desejo realizado pouco antes de morrer, após salvar a vida do Comendador ao levar um tiro no lugar dele durante o desfile da escola de samba União de Santa Teresa, na Marquês de Sapucaí. 

Enquanto o dono da Império das Joias é homenageado pela agremiação, a tia de Cristina (Leandra Leal) vai seguir Maurílio (Carmo Dalla Vecchia), que está fantasiado de morte, e perceber o plano do falsário. Para tentar salvar seu amado, ela vai invadir o desfile, escalar o carro alegórico em que José Alfredo está com a família e entrar na frente do disparo.

No leito do hospital, a megera vai delirar e imaginar a visita do homem de preto para saciar o seu desejo. "Você veio me ver! Eu queria muito, mas não esperava. Você me odeia. Eu te dei todas as razões para isso. Te fiz tão mal", diz Cora. E Zé argumenta: "Ficou surpresa? É, mas salvou a minha vida".

"Egoísmo, Zé. Eu não queria que você fosse sem antes...", diz a tia de Cristina, que logo é cortada pelo Comendador: "Sem antes lhe proporcionar, saciar o teu desejo". "Foi pra isso que vivi! Pra me entregar a você, pra ser sua... Sonhei todas as noites da minha vida que você chegava assim, deitava do meu lado, me tomava nos braços", delira a maluca.

Na sequência, ele desabotoa a camisa, abre o cinto e olha para Cora. "Deitava do teu lado, te tomava nos braços, tirava sua virgindade que você guardou pra mim com tanto zelo... Uma mulher que esperou uma vida inteira para esse sonho se realizar. Vai se realizar agora", diz José Alfredo.

Após o momento tão esperado, ela comemora: "Você foi meu, Zé. Foi melhor do que eu pensava. Me fez mulher. Quando eu sair daqui... Quando eu acordar você volta, não volta? E vai me perdoar?", questiona ela. 

"Se eu não voltar vou estar sempre aqui... Na tua lembrança, na tua memória. Já perdoei Cora dos Anjos. Eu te amo, Cora", despede o homem de preto.

Em Império, Cora morre após delírio com José Alfredo

Império: Cora morre após suposta noite de amor com José Alfredo

Em Império, após sonhar que finalmente teve uma noite de amor com o homem da sua vida, ela avisa a enfermeira do hospital. "O meu cunhado esteve aqui. Deitou comigo e me amou! Cumpriu com o destino dele e me fez mulher".

A enfermeira estranha a situação e rebate: "Mas eu estava no meu posto, no fim do corredor, e sei que aqui não entrou ninguém". Cora insiste que José Alfredo esteve no seu quarto e fica alterada. Logo em seguida, ela morre. Os médicos tentam reanimá-la, mas é em vão. 




Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias