Reportar erro
Irreconhecível

Salve-se Quem Puder: Hugo tira a máscara e tortura Helena: "Você é doente"

Vilão faz mãe e filha de refém e se revela um grande criminoso

Helena chora, desesperadamente
Helena fica na mira da arma de Hugo em Salve-se Quem Puder - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 01/07/2021 às 08:15:00

Nos capítulos finais de Salve-se Quem Puder, Hugo (Leopoldo Pacheco) aponta uma arma para a cabeça de Helena (Flávia Alessandra) e faz a mulher, e Luna (Juliana Paiva), de reféns. Durante o tempo em que estiverem nas mãos do bandido, elas conhecerão a verdadeira face do empresário que confessará que a prisão da loira nos Estados Unidos foi armação sua.

Ameaçada pelo pai de Téo(Felipe Simas), a fisioterapeuta foge da mansão do chefe de Dominique (Guilhermina Guinle) e corre até o Empório Delícia para encontrar a mãe. Transtornado, o vilão vai atrás da mocinha e ameaça matá-la. Helena ainda pega o telefone e tenta ligar para o enteado, mas será impedida por Hugo que aponta a arma para sua cabeça.

Desesperada, a empresária implora pela vida da mocinha, e chega a dizer que não dará queixa à polícia se ele deixar a jovem em paz, mas o ricaço não estará disposto à negociações.

Mãe e filha serão algemadas e sofrerão pressão psicológica do chefe da facção criminosa. Sem noção do que faz, o vilão começa a falar e entrega o que foi capaz de fazer para se casar com Helena. Saiba mais!

Em Salve-se Quem Puder, Hugo coloca o terror em Helena e Luna

Salve-se Quem Puder: Hugo tira a máscara e tortura Helena: \"Você é doente\"

Nos próximos capítulos de Salve-se Quem Puder, na Globo, Hugo perde a cabeça e ameaça matar Helena e Luna. A filha da empresária conseguirá fugir das garras do vilão e vai ao encontro da mãe, no Empório Delícia. Ela chega a pedir por socorro, mas o chefe da facção criminosa que matou o juiz Vitório (Ailton Graça) vai atrás da mocinha e chega a tempo de impedir que a mulher peça por socorro. Mesmo louco de amor pela loira, ele será capaz de apontar uma arma e algemar mãe e filha.

“Se você me ama, não atira na gente. Não mata o que eu tenho de mais sagrado, deixa a minha filha ir”, implora a madrasta de Téo (Felipe Simas). Ela tenta se aproximar do marido, mas será alertada pela mexicana. “Mãe, cuidado!”, pedirá a mocinha.

Na tentativa de fazê-lo libertar Luna, Helena promete não dar queixa à polícia. A loira ainda tenta tomar a arma da mão do vilão, mas o chefe de Dominique a empurra no chão e a chama de mentirosa.

A amiga de Alexia (Deborah Secco) grita para que ele solte sua mãe e o bandido vira o revólver para a direção da filha de Mário. “Você não está bem, você precisa de ajuda!”, dirá Helena para o marido.

“A gente só vai sair daqui quando o Empório fechar”, sinaliza, Hugo. Sob os gritos de pavor, o pai de Micaela (Sabrina Petraglia) amordaça a mulher e ordena que Luna coloque as algemas nas duas. “Pronto! Pra você ver que eu não sou tão ruim, vou deixar você ficar perto da sua mamãezinha”, debocha o vilão.

Depois de horas, Hugo sentirá pena da mulher e lhe oferece água. A loira faz sinal de que sim. Com olhar de apaixonado, ele tira a mordaça dela e começa a se abrir. “Eu fiz tanto sacrifício pra gente ficar junto, pra terminar desse jeito”, dirá.

Enquanto ele lhe serve a água, Helena lembra que a polícia pode chegar a qualquer momento. O bandido revela estar arrependido por ter poupado as vidas de Mário e Luna, no passado. "Você era tão inocente, acreditava em tudo o que eu dizia. Achei que para separar você deles bastava um jornal falso”, confessa.

Mãe e filha trocam olhares de surpresa. “O que foi que você fez, Hugo?”, quer saber a dona do Empório Delícia. É aí que o vilão revela a armação para separá-la de sua família e justifica como sendo por amor.

“Eu só pensava em você, nos seus olhos, no seu corpo, e decidi que você tinha que ser minha a qualquer custo. Quando você disse que ia ao consulado americano, mexi os meus pauzinhos e fiz tudo parecer como se fosse uma quadrilha de narcotraficantes, e você acreditou”, dispara.

Não satisfeito, o pai de Téo conta que partiu dele a denúncia. “Pra você ser presa quando desembarcasse nos Estados Unidos”, complementa o milionário. Helena reage com sangue nos olhos. “Você é doente, Hugo! Doente! Você acabou com a minha vida!”, grita aos prantos.

O empresário acusa a mulher de ingrata, já que ele a resgatou de uma vida medíocre. encheu de luxo e, ainda, lhe deu dois filhos. "Você não tem do que reclamar!”, rebate o psicopata antes de socar a mesa, assustando as duas. “Você nunca me valorizou, mas eu te amo!. Ah, como eu te amo”, declara-se o louco. Hugo se aproxima de Helena e tenta dar um beijo na mulher, mas ela consegue virar o rosto. “Se afasta de mim!”, ordena a loira.

Luna não consegue se segurar e dá um chute no executivo, que fica mais agressivo ainda e a empurra para o outro lado da sala. Em seguida, o vilão parte na direção de Helena e tenta agarrá-la. A mexicana percebe a existência de duas chaves penduradas na maleta do empresário e deduz que sejam das algemas. A sequência vai ao ar nos capítulos finais da novela das sete.


Fique por dentro dos próximos capítulos de Salve-se Quem Puder e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Salve-se Quem Puder de 28/06/2021 a 03/07/2021.  



Mais Notícias