Reportar erro
Conversa difícil

Laços de Família: Helena e Alma relembram briga e selam paz: "Nem temos mais desavenças"

Rivais vão falar tudo o que sentem

Cena de Laços de Família com Alma e Helena de pé, frente a frente e dando um aperto de mão
Na novela Laços de Família, Helena e Alma vão tentar selar paz - Foto: Reprodução/Globoplay
Daniel César

Publicado em 30/12/2020 às 16:30:57

Na novela Laços de Família, Helena (Vera Fischer) e Alma (Marieta Severo) finalmente vão ter um reencontro para colocar uma pedra em todas as brigas que as duas se envolveram ao longo trama. Na conversa franca, tanto uma quanto a outra relembrarão como quase se odiaram por causa de Edu (Reynaldo Gianecchini), mas tentarão colocar uma pedra nesses sentimentos para proteger Camila (Carolina Dieckmann).

Em cenas previstas para irem ao ar na próxima sexta-feira (1º), Alma vai pegar Helena dentro de seu banheiro privativo para ter outra conversa a sós, já que a última saiu faísca. "Eu fico feliz que você tenha superado tudo que você sentia pelo Edu. E que tenha compreendido os meus propósitos e todas as palavras que eu disse para separar vocês dois", comentará a dona do haras, deixando a mãe de Camila irritada. "Eu não compreendi as suas palavras. Eu só aceitei o que você disse porque eu percebi que a minha filha tava muito envolvida com o Edu. Já ele, não tanto com ela", provocará.

Mas a esposa de Danilo (Alexandre Borges) acabará concordando "eu percebi isso também. Eu achei que o Edu ia voltar atrás, que ele ia correr pra você. Eu confesso que fiquei com medo disso acontecer". Mas Helena seguirá firme "seria inútil ele correr atrás. Eu já tinha o caso como encerrado", garantirá ela, que teve um término doloroso com Edu.

"Você é uma mulher forte", vai elogiar Alma, mas rapidamente Helena irá cortá-la e continuará seu discurso. "Eu sou uma mulher apaixonada. Pelos meus filhos em primeiro lugar, os outros vem depois, inclusive os homens que eu amei. Eu nunca coloquei ninguém na frente do Fred e da Camila. Sei que muita gente acha errado renunciar a própria felicidade, pela felicidade dos filhos. Mas que felicidade pode haver quando os filhos são infelizes, eu me pergunto. Que mãe pode rir quando o filho chora. Que mãe pode ir a uma festa quando o filho tá doente, com febre. Que mãe vê o filho chegando da escola chorando e não vai pôr em pratos limpos com a professora. Que mãe come quando o filho sente fome? Nenhuma que eu conheço".

Alma vai ficar surpresa com a revelação e tentará novamente lembrar das dificuldades da relação do sobrinho com a esteticista. "Quer dizer que você renunciou o Edu por causa da Camila e não por que você compreendeu que esse romance não ia dar certo?", questionará e perceberá que a mulher segue convicta. "E por que não daria certo? Só porque eu tenho vinte anos a mais que ele? Eu me lembro o que você me disse da última vez que esteve na clínica"

E Helena lembrará as ofensas que recebeu. "Você disse para eu sair do palco, que eu abandonasse o espetáculo para deixar a Camila e o Edu brilharem", Alma tentará interromper para lembrar que estava certa. "Eu estava fazendo a verdade", mas a protagonista da história seguira com as lembranças "e disse também que eu envelheceria vinte anos mais cedo que ele. E que isso seria doloroso para nós dois, mas principalmente pra mim. Pois eu não perdi nenhuma palavra do que você me falou e eu jamais vou me esquecer delas".

Em Laços de Família, Alma se defende

Laços de Família: Helena e Alma relembram briga e selam paz: \"Nem temos mais desavenças\"

A dona do haras então vai tentar fazer uma espécie de mea culpa "Ah Helena, eu não pensei em magoar você", vai jurar a mulher e de nada adiantará, pois Helena se mostrará magoada. "Mas em me destruir você pensou". Por outro lado, Alma se mostrará surpresa com essa afirmação "meu Deus, nunca. Se eu te odiasse, se eu pensasse em te destruir, eu jamais permitira que a Camila, a sua filha, casasse com o Edu".

Helena ficará inconformada com a afirmação e vai partir para o ataque "jamais permitiria. Você pensa que é dona do Edu, dos seus amigos, dos seus parentes", enquanto isso a rival seguirá tentando jogar panos quentes e vai explicar que "é uma maneira de falar, Helena". E neste ponto, ambas vão envolver Camila na história. "Daqui a pouco você vai se sentir dona da minha filha e eu já estou começando a sentir a Camila cada vez mais distante de mim, se chegando mais pro eu lado, de vez".

"Meu Deus, não é porque é você ou porque é com a Camila. Isso acontece com qualquer jovem que se casa. É natural que ela se passe mais pra família do marido que para a própria família", a personagem interpretada por Marieta Severo lembrará, mas Helena seguirá firme "eu conheço essa história, você vai dizer: ganhei uma filha. E eu vou dizer: perdi uma. Não tem importância, o sofrimento de uma mãe é doce quando é pra fazer os filhos felizes, eu não me importo. Não me importo mesmo, eu juro. Eu não tenho ciúmes de você com a Camila. Eu só quero que ela seja amada e respeitada nessa casa, como ela sempre foi na minha", discursará.

Meio ofendida, Alma vai concordar "mas ela será. Ela merece, não só ela como qualquer pessoa que entre nessa casa, inclusive você. De quem nós nunca apreciamos a relação com o Edu". Novamente Helena tentará espetar a tia do ex e dirá: "ocê não é mulher de destratar as pessoas na própria casa. O teu verniz te impede disso, mas quando você quer magoar, agredir, ofender uma pessoa, você sai daqui e faz isso em outro lugar. Assim como você fez indo atrás de mim na clínica".

Em Laços de Família, o pacto de Alma e Helena

Laços de Família: Helena e Alma relembram briga e selam paz: \"Nem temos mais desavenças\"

Neste ponto, Alma explicará novamente suas razões. "Eu nunca quis magoar, ofender, agredir você. Nunca. Eu só quis dizer o que eu tava sentindo e o que eu achava que devia ser feito. Agora se eu magoei você, sinto muito. Mas acho que você compreendeu meus propósitos e minhas razões", dirá ela e novamente a outra dirá que já entendeu tudo. "eu compreendi que a felicidade da minha filha está acima da minha. Por isso eu me afastei do Edu: só pela Camila. Você poderia chegar do meu lado e dizer, cai fora da vida do Edu por causa da idade de vocês que é diferente ou por qualquer outra razão, mas eu te garanto que eu estaria perto dele até hoje. Porque eu amei o Edu e eu sei que ele me amou".

Já sem paciência, a ricaça comemorará a vitória. "Tudo bem, seja por isso, por aquilo, por esta razão, tanto faz. O que importa é o que foi feito o que eu queria e o que eu achava o que devia ser feito. Nós agora estamos em paz". E é aproveitando o momento que Helena irá tentar uma reaproximação por um motivo nobre. "Eu sinto que a gravidez da Camila precisa de cuidados especiais, que vai ser uma gravidez difícil. E eu quero que as nossas desavenças não atraplhem o entendimento que nós precisamos ter durante esse tempo".

Alma então vai mostrar que está disposta a pôr um ponto final na história. "Meu Deus do céu, Helena. Nenhuma desavença vai ter influência nessa ou naquela atitude em nada. Aliás, acho que nós nem temos mais desavenças". A mocinha de Manoel Carlos vai ficar feliz com o que ouviu "ótimo", irá comemorar e a tia de Edu aproveitará o momento para pedir: "Vamos selar a nossa paz, com um abraço?" e novamente Helena se mostrará reticente, fazendo outra proposta "É melhor com um aperto de mão porque assim olhamos uma nós olhos da outra".

Fique por dentro dos próximos capítulos de Laços de Família e outras produções acessando o canal de Novelas do NaTelinha.

Quer saber mais? Confira o resumo semanal da novela Laços de Família de 28/12/2020 a 01/01/2021.

Mais Notícias