Milhões

Bolsonaro briga, mas injeta milhões na Globo em publicidade; confira os valores

Emissora ficou à frente da Record e do SBT entre janeiro e junho de 2022


À esquerda, o presidente Jair Bolsonaro em foto postada no Instagram; à direita, o logotipo da Globo
O presidente Jair Bolsonaro faz críticas constantes à Globo - Fotos: Reprodução/Instagram e Reprodução/Globo

Jair Bolsonaro aumentou em 75% o gasto com publicidade destinado à Globo entre janeiro de junho de 2022 em comparação ao mesmo período do ano passado. O crescimento foi de R$ 6,5 milhões para R$ 11,4 milhões. O presidente, que faz constantes críticas à emissora carioca, é pré-candidato pelo PL (Partido Liberal) à reeleição e tem divulgado na mídia feitos de seus quatro anos de governo.

Os números são referentes a valores líquidos pagos por materiais publicitários veiculados em âmbito nacional e regional na Globo. Os dados são da SECOM (Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência), responsável pelas contratações na área de publicidade e propaganda do governo.

Este está sendo o único ano no qual a Globo recebeu mais dinheiro de Bolsonaro que emissoras simpáticas ao chefe do Executivo. À Record, foram destinados R$ 9,8 milhões, soma semelhante à do ano passado no mesmo período (R$ 9,0 mi). Já o SBT levou R$ 8,4 mi em 2022 e R$ 7,7 mi em 2021.

Também coadunada a Bolsonaro, a RedeTV! teve queda de investimento: R$ 1,0 mi contra R$ 1,6 mi no ano passado. Os valores destinados à Band caíram quase pela metade: R$ 4,4 mi para R$ 2,4 mi. Os valores foram divulgados em levantamento feito pelo portal Uol.

Genro de Silvio Santos, ministro de Bolsonaro ameaça não renovar concessão da Globo

imagem-texto

Em junho, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, afirmou em entrevista que a renovação da concessão da Globo terá “critério técnico” e não político. Em semanas anteriores, o NaTelinha informou que Bolsonaro estava decidido a barrar o pedido do canal, cuja autorização de radiodifusão vence em outubro.

“Quando for dada a entrada, vai ter critério 100% técnico, não vai ter critério político. O presidente Jair Bolsonaro já falou sobre isso diversas vezes. Se estiver tudo ok e quiser renovação, será renovada. Se não estiver tudo ok, não será renovada”, declarou Fábio Faria, em entrevista ao portal Poder360.

A concessão da Globo vence em 5 de outubro, três dias após o primeiro turno das eleições. Até agora, a emissora não entrou com pedido formal de renovação, segundo Faria. O ministro, forte aliado de Bolsonaro, é casado com Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos, dono do SBT.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias