Oposição

Guta de Pantanal, atriz detona Bolsonaro: "Me deixa traumatizada todos os dias"

"Temos que tirar esse cara", propôs Julia Dalavia em entrevista


Julia Dalavia como Guta em cena da novela Pantanal, em exibição na Globo
Julia Dalavia criticou Bolsonaro e comentou discursos progressistas de sua personagem, a Guta de Pantanal - Foto: Reprodução/Globo

Julia Dalavia, a Guta de Pantanal, detonou o presidente Jair Bolsonaro em entrevista divulgada nesta quinta-feira (23). A atriz de 24 anos defendeu a necessidade de não permitir que o chefe do Executivo, candidato pelo PL (Partido Liberal) não se reeleja em outubro. Além disso, ela comentou as pautas progressistas colocadas no ar por sua personagem na novela da Globo.

“Eu acho que é o momento de se posicionar, não dá mais. Estamos com um governo que eu não tenho palavras para descrever, me faz sofrer e me deixa traumatizada todos os dias. É uma vergonha”, disparou Julia Dalavia em entrevista à revista Quem. “Temos que tirar esse cara do governo”, defendeu, referindo-se a Jair Bolsonaro.

A atriz também opinou sobre a postura de Guta em Pantanal diante de personagens com condutas conservadoras, como os próprios pais, Tenório (Murilo Benício) e Maria Bruaca (Isabel Teixeira). “O que acontece é que, por ter tanto conhecimento, Guta acaba não sabendo se comunicar com as pessoas que possuem níveis distintos de realidade e subjetividade. Falta essa habilidade.”

“Uma coisa que eu acho genial da novela é que os personagens são muito atuais. Existem várias Gutas por aí e elas não são perfeitas, mas pessoas tentando. Ela está tentando trazer uma melhora para o mundo.”

Julia Dalavia

 

Casagrande também não poupou críticas a Bolsonaro na Globo

imagem-texto

Na semana passada, Casagrande esteve no Encontro para falar sobre seu documentário no Globoplay, intitulado de Casão num Jogo Sem Regras. O comentarista da Globo não se furtou em comentar sobre Jair Bolsonaro. "Temos um governo covarde, perverso e muito cruel", lamentou ao vivo em bate-papo com Fátima Bernardes.

"As pessoas não estão tendo mais medo de ser cruel. As pessoas não estão tendo mais medo de ser homofóbicas, as pessoas se soltaram e isso machuca a gente. O povo brasileiro não é assim, é um povo alegre. O Brasil é alegre! Assusta esse momento porque não é a nossa cara. Isso assusta. A gente não pode ficar calado. Nós somos figurantes desse filme de terror."

Casagrande
Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos